Ir para o conteúdo

Município de São Pedro - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Previsão para Quarta-feira
23°
Município de São Pedro - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
16
16 FEV 2024
EDUCAÇÃO
509 visualizações
Alunos da rede municipal de São Pedro se destacam em processos seletivos locais e nacionais
Foto Noticia Principal Grande
Felipe e Yasmin, que ficaram em primeiro lugar no vestibulinho da Etec
enviar para um amigo
receba notícias
Os estudantes Yasmin Boloni e Felipe dos Reis foram aprovados em primeiro lugar no vestibulinho dos cursos de Nutrição e Administração da Etec Gustavo Teixeira. Além deles, Maria Maziero conquistou a medalha na 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática; todos eles vindos da rede municipal de ensino de São Pedro

Uma educação pública de qualidade é resultado de um conjunto integrado de processos planejados, rígidos e efetivados para garantir a qualidade no sistema de ensino, potencializando a pluralidade de abordagens na educação. Em São Pedro, esse resultado periodicamente se reflete também no desempenho dos alunos da rede municipal de ensino em alguns disputados e cobiçados processos seletivos.

É o caso de Yasmin Gonzales Boloni e de Felipe Morais dos Reis. Ambos com 15 anos, os dois alunos da rede municipal foram aprovados em primeiro lugar nos cursos de Nutrição e Administração da Escola Técnica Estadual (Etec) Gustavo Teixeira.  

A mãe de Yasmin destacou a inteligência da filha, “sempre muito elogiada pelos professores”, que ficou à frente de 118 candidatos, conquistando a primeira das 40 vagas reservadas ao curso de Nutrição. No entanto, fez questão de reconhecer o mérito dos funcionários da Escola Municipal de Educação Básica - Emeb ‘Professor Joaquim Norberto de Toledo’, onde a filha estudou. Yasmin também foi aluna da Emeb Ondina Mendes Parreira e de 2018 a 2023, da Emeb Gustavo Teixeira   

“Sou muito grata aos professores e diretores da Emeb Joaquim Norberto de Toledo, que sempre foram muito bons a minha filha e deram todo o suporte a ela”, disse a mãe, Luciane Cristina Gonzales Boloni.

O pai de Felipe também não esconde o orgulho do filho e a qualidade do sistema de ensino municipal. “Nunca tive problema com o Felipe. Ele sempre se mostrou um aluno acima da média, com as melhores notas da classe. Não à toa ficou em primeiro lugar entre os 111 inscritos do vestibulinho de Administração. Quero mandar um abraço a todos os professores da base, que deram esse suporte, da Emeb ‘Professora Maria de Fátima do Amaral’, onde ele estudou desde o ‘prezinho’, por mais essa etapa concluída”, reconheceu o pai, José dos Reis Gomes.

Medalha de Matemática

As Emebs Maria de Fátima do Amaral e Gustavo Teixeira também entraram para a seleta lista de escolas municipais com alunos premiados em nível nacional. Foi o caso dos estudantes Maria Lúcia Maziero de Araújo, da Maria de Fátima do Amaral e Isac de Campos Fischi, da Gustavo Teixeira, ambos de 13 anos, que conquistaram medalhas de prata da 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e, com isso, bolsa no Programa de Iniciação Científica, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na Universidade Federal de São Carlos (UFScar).

Outro aluno da Gustavo Teixeira, Samuel Marins Esteve Farias, conquistou a medalha de bronze na OBMEP.

“A Maria Lúcia sempre se antecipou ao conteúdo programático das disciplinas e consegue desenvolver tudo o que se propõe a fazer”, elogiou o pai, Gilberto Gonçalves de Araújo, que também é professor de Geografia na Emeb Maria de Fátima do Amaral.

Vinda de São Bernardo do Campo, município da Grande São Paulo, a família de Maria Lúcia mudou-se recentemente para São Pedro e, segundo a mãe, Lucimara Maziero Santana de Araújo, aprovou a qualidade do ensino municipal.

“A Maria Lúcia sempre estudou em escola particular e há cinco anos, quando nos mudamos para cá, nos preocupamos em manter o nível educacional dela. Tivemos ótimas referências das escolas municipais e resolvemos matriculá-la na Maria de Fátima do Amaral, onde ela vem obtendo excelentes resultados”, relembrou.

“A Maria Lúcia é motivo de orgulho para a gente e é a prova de que se o aluno da rede pública se empenhar, se dedicar, também pode ter sucesso”, acrescentou.

A filha de Gilberto e Lucimara fez questão de agradecer a todos que ajudaram-na a obter o destaque nacional nas Olimpíadas de Matemática.

“Quero agradecer minha família, que sempre me ajudou e apoiou. Eu não teria conseguido nada sozinha. E aos professores do Maria de Fátima Amaral, que sempre me ensinaram e apoiaram”, disse a aluna.

Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia