Ir para o conteúdo

Município de São Pedro - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Previsão para Segunda-feira
34° 20°
Município de São Pedro - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
30
30 NOV 2023
GOVERNO
MEIO AMBIENTE
487 visualizações
Agenda 35: com recorde de propostas, Meio Ambiente promove primeira reunião de trabalho
enviar para um amigo
receba notícias
Entre todas as áreas da Agenda 35, o Meio Ambiente foi a que registrou a maior evolução de metas, com 112 propostas. Reunião reuniu cerca de 50 pessoas de diversos setores para debater a efetivação dessas metas de curto, médio e longo prazo

Na terça-feira, 28, a Prefeitura de São Pedro, por meio da Coordenadoria do Meio Ambiente, promoveu a primeira reunião de trabalho da Agenda 35 na área de Meio Ambiente.  O encontro reuniu cerca de 50 pessoas, entre representantes do poder Executivo, Legislativo, Judiciário e Militar, membros da sociedade civil, lideranças comunitárias e ativistas ambientais, incluindo as de outros segmentos, como educação, saúde, cultura, esporte e lazer.

Em sua fala inicial, o prefeito de São Pedro, Thiago Silva, elogiou o engajamento do grupo de trabalho do Meio Ambiente no projeto. “Das sete áreas, foi a (área) campeã em evolução de metas, em números absolutos, e a que mais registrou crescimento em relação à Agenda 2025, saltando de 21 para as atuais 112 propostas de curto, médio e longo prazo”, destacou. “E isso é fruto de um intenso engajamento da Coordenadoria do Meio Ambiente com a sociedade civil, afinal essa é uma das áreas que mais se relacionam com outros setores, como educação, saúde, infraestrutura, segurança pública, entre outras. Nada se realiza sozinho, há de se haver integração sempre”, acrescentou.

Durante a reunião, o prefeito apresentou cada uma das 112 metas do plano de trabalho e, em seguida, abriu a palavra para a participação de todos os presentes.

O engenheiro florestal Ricardo Sixel participou ativamente das duas edições do projeto “Agenda São Pedro” (2025 e 35) e endossou a evolução. “Sou testemunha desse crescimento. Na primeira Agenda (2025) me recordo de algumas reuniões com três pessoas. Hoje temos aqui quase 50 pessoas representando os mais diversos segmentos”, elogiou ele, que citou ainda o fato de a Agenda 2025 ter cumprido com sucesso, até o momento, 80% de suas metas de trabalho.

Para a representante do Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), Daniela Veras, o êxito no cumprimento das metas da Agenda 35 passa, necessariamente, pelo aumento da participação do cidadão no órgão e em outras frentes de interlocução com o poder público. “A sociedade civil precisa participar ainda mais do debate, até porque nem sempre o setor público tem ‘braços’ suficientes para atender sozinho tantas e tão complexas demandas da nossa cidade, o que, até certo ponto, é muito natural”, disse ela, que destacou também a importância do engajamento, da cobrança e fiscalização junto à Câmara de Vereadores.

Algumas lideranças e representantes da sociedade civil atenderam o apelo e até se disponibilizaram a integrar o Condema e outras frentes de trabalho junto à Coordenadoria do Meio Ambiente. É o caso do professor Edson Keller, do engenheiro Luis Fernando Pereira de Souza e da Rita Nakamura.

“Li a revista (Agenda 35) e gostei do que vi. Para ser realizada, toda ação precisa ser antecedida por um projeto, um plano de ações, que é o que temos aqui nesta publicação. Agora é seguir trabalhando conjuntamente e de forma integrada para continuar a colocar essas metas em prática”, disse Luis Fernando. “Moro há dois anos aqui e, no que eu puder ajudar, estou à disposição”, disse Rita Nakamura, especialista em paisagismo e gestão ambiental.

Educar para transformar                                  

Para o professor Edson Keller, a conscientização ambiental é algo que precisa ser trabalhado na escola, já a partir da educação infantil. “Precisamos seguir investindo num plano arrojado de educação ambiental”, colocou o educador, que coordenou o grupo de trabalho de Educação.

Também presente na reunião, a secretária de Educação, Samanta Almozara Bontorim, citou as várias ações que a secretaria já promove na educação ambiental e a intenção de seguir crescendo cada vez mais com essa prática dentro e fora de todas as escolas da rede municipal de ensino. “Compreendemos as crianças como agentes multiplicadores. Por isso, a Prefeitura realiza diversos programas de educação ambiental, inclusive por meio de parcerias com grandes instituições, como a CPFL, Senac e Senai”, disse.

O secretário de Obras, Caio Piedade, lembrou ainda do viveiro de mudas, que a administração municipal, por meio da Coordenadoria de Meio Ambiente, está construindo e que tem previsão para ser inaugurado em fevereiro do ano que vem, com capacidade de produção anual de 40 mil mudas.

Balanço final

O coordenador de Meio Ambiente, Rogério Bosqueiro Júnior, fez um balanço positivo da reunião. “Ficou evidente que a pauta de Meio Ambiente é a que mais cresceu na Agenda 35. Não só em números, mas na participação de pessoas engajadas. As pessoas voltaram a ter esperança e a enxergar a importância do trabalho e dos planos para o futuro”, disse.

Para ele, um dos principais benefícios do encontro foi a oportunidade de revelar os canais e caminhos disponíveis para a participação e interlocução da sociedade civil com o poder público. “Criamos um espaço de acompanhamento da ‘Agenda’, porém não o único. Reiteramos também o canal direto com a Coordenadoria de Meio Ambiente, destacamos as câmaras temáticas do Comdema, entre outras formas de integração”, disse ele, que garantiu também a criação de uma comissão de trabalho da Agenda 35.

Reestruturação

Nos últimos anos, a Coordenadoria de Meio Ambiente passou por uma grande estruturação organizacional.

A mudança possibilitou a melhoria dos serviços de rotina da pasta, a adequação dos processos, o desenvolvimento de projetos estratégicos e a criação de uma Política Municipal de Meio Ambiente por meio da elaboração de cinco Planos Municipais Temáticos: Restauração Ecológica e Clima; Arborização Urbana; Resíduos Sólidos; Educação Ambiental; e Fiscalização Ambiental.

“Esses temas prioritários para a população foram identificados com base na Agenda 2025 e serão consolidados na Agenda 35. Isso tudo integrando todas as partes interessadas, os munícipes e instituições, para por em prática uma gestão mais participativa por meio de conselhos, oficinas e audiências públicas, aprimorando, ainda, as ferramentas de comunicação e transparência”, pontuou o coordenador.

Autoridades presentes

Além das autoridades já citadas, estiveram presentes na reunião da Agenda 35 o secretário de Governo e Coordenador de Esportes, Claudinei Arruda, o secretário de Turismo, Ronaldo Gasparelo, o secretário de Justiça, Cássio Capellari, o vereador Luciano Mazzonetto e a vereadora Cleuza Barros, o 1º sargento, Melcsedec Mezahab Anchieta da Costa, o presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), Aguinaldo Dalmaso e Miriam Nogueira, representando a Secretaria de Saúde.

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia