Ir para o conteúdo

Município de São Pedro - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Previsão para Sábado
30° 18°
Município de São Pedro - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
14
14 DEZ 2023
EDUCAÇÃO
763 visualizações
Educação forma 25 alunos no curso de design de games
Foto Noticia Principal Grande
Estudantes receberam o certificado na Secretaria de Educação
enviar para um amigo
receba notícias
Já imaginou um game que tem locais muito conhecidos da cidade como o portal de entrada, a Biblioteca Gustavo Teixeira, totens de turismo localizados na entrada, ponto de ônibus e outros símbolos característicos de São Pedro na tela do computador?

Mais do que imaginar, os alunos do curso de design de games da Secretaria Municipal de Educação criaram e desenvolveram este jogo. No encerramento das atividades do ano, na segunda-feira, 11, os 25 alunos participantes e o professor Jonas Onofre falaram da experiência na solenidade que teve a participação do prefeito Thiago Silva, da secretária de Educação, Samanta Bontorim , dos pais e dos estudantes, todos da rede municipal de ensino.

“Após a pandemia, a tecnologia ganhou uma importância ainda maior. As cidades que não estavam preparadas sofreram as consequências. São Pedro estava estruturada e vem, ao longo dos anos, oferecendo oportunidades como esta aos alunos”, destacou o prefeito Thiago Silva.

Além das aulas de design de games, oferecidas a 2 turmas uma vez por semana  por um período de 2 horas cada, a Secretaria de Educação ofertou cursos gratuitos de impressora 3D, aulas de robótica, em parceria com o Sesi,  e faz uso de lousas digitais, ferramenta que permite o uso de tecnologia como importante auxílio nas didáticas de aprendizagem.

“Fico muito feliz em ver nossos alunos aproveitando as oportunidades que oferecemos nestes cursos que acontecem no contraturno escolar. A proposta é desenvolver o letramento digital. É importante a proximidade com este universo”, pontuou a secretária de Educação, Samanta Bontorim.

Professor com experiência na área de tecnologia, Jonas Onofre destacou o comprometimento e responsabilidade dos alunos . “Foram desenvolvidos muitos conteúdos diferentes. Em 8 meses, as atividades focaram a prática e houve pouquíssimas desistências”, afirmou.

Morador de São Pedro durante 20 anos, Onofre disse também estar feliz por voltar a cidade para trazer conhecimento. “Não tem dinheiro que pague esta sensação”.

Outro ponto destacado pelo professor é a abrangência do curso, que trabalha temas além do design de games, como comunicação interpessoal, trabalho em equipe, proatividade, liderança, comprometimento e responsabilidade, pensamento crítico, resolução de problemas, raciocínio lógico e ferramentas renomadas no mercado, entre outros.

No período do curso, os estudantes desenvolveram mais de 150 objetos 3D, mais de 10 mapas de ambientação e mais de 25 estruturas de programação. O fato de criarem, no computador, objetos que fazem parte do cotidiano, geram um sentimento de pertencimento.

Além dos games, os alunos desenvolveram um jogo de tabuleiro e fizeram maquetes do programa Planta Popular, projeto oferecido pela Prefeitura de São Pedro para construções de até 69.54 metros quadrados.

Nas aulas, eles usaram plataformas como Unreal Engine, Blender e Gimp, algumas usadas na produção dos mais populares games, como o Fortnite e até na produção de cinema. O Brasil é o segundo maior mercado de games da América Latina e o designer de games está na lista de profissões bem remuneradas.

MODELAGEM EM ALTA – A modelagem 3D, recurso que cria ambientes com alto nível de realidade, foi uma das ações preferidas dos alunos que fizeram o curso. Tema preferido de Clara Teixeira Marques, de 10 anos, estudante da Emeb Joaquim Norberto de Toledo, a prática fez a estudante pensar a continuar a estudar o tema. “Achei interessante para o meu futuro”, disse.
Guilherme Bueno de Lima, de 13 anos, aluno da Emeb Abdala Rahal Farhat Neto, gostou de modelar objetos da praça Gustavo Teixeira. “Quero continuar, valeu muito”, disse.
Aluno da Emeb Gustavo Teixeira, Ricardo Vidotti, de 15 anos, pensa até em seguir profissionalmente na área de design de games. “Quero fazer mais coisas para me desenvolver nesta área”, disse.

NA PRÁTICA – Na solenidade de encerramento e entrega dos certificados, o prefeito Thiago Silva pode jogar e se divertir com os projetos criados pelos estudantes no decorrer do curso. Na tela do computador, ele viu um pedacinho de sua terra natal se tornar o primeiro passo destes jovens são-pedrenses rumo a esse mercado promissor.


Fotos: Daniel Machado/Prefeitura de São Pedro
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia