Vacinação antirrábica mais que dobrou aplicações em 1 semana

Campanha acontece sábado, dia 23, na Academia ao Ar Livre do Jardim Holiday, Emeb Professor Benedito Modesto de Paula e Escola Estadual José Abílio de Paula

O segundo final de semana da Campanha de Vacinação Antirrábica em cães e gatos mais de dobrou suas aplicações. Com o aumento da procura, já foram vacinados 1.510 animais, sendo 1.295 cães e 215 gatos. A ação realizada pela Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social de São Pedro estará, com sua equipe da Vigilância em Saúde, neste dia 23, sábado, das 8h às 17h, na Academia ao Ar Livre do Jardim Holiday, Emeb Professor Benedito Modesto de Paula e Escola Estadual José Abílio de Paula.

Cães e gatos podem receber a dose da vacina a partir dos três meses de idade e em boas condições de saúde. A recomendação é que o responsável leve seus animais em guias, coleiras, gaiolas, caixas de transporte ou fronhas. A intenção da equipe, até o final do ano, é vacinar 6.500 animais.

Além do sábado, dia 23, as doses serão aplicadas no dia 30 de março na Emeb Professor Abdala Rahal Farhat Neto, no Jardim Navarro;Base do Corpo de Bombeiros e PSF Alpes das Águas. No último sábado da campanha, 6 de abril, os animais serão vacinados na Emeb Professora Ondina Mendes Parreira, no bairro Nova São Pedro II,  na UBS São Dimas e no Coreto da praça Gustavo Teixeira.

Durante alguns dias de semana também estão programadas imunizações, sempre das 9h às 16h. No dia 12 de março, a vacinação acontece na praça da Bíblia, na Vila Pindanga; no dia 14, na praça São Benedito; no dia 19, no Cemitério Parque São Pedro, no Recanto; no dia 21, na Padaria Palú, no bairro de mesmo nome; no dia 26 na Praça do Trabalhador, no bairro São Dimas e de 1 a 5 de abril e 8 a 12 de abril, no espaço da Feira do Produtor.

Outras informações podem ser obtidas no telefone da Vigilância em Saúde: (19) 3481-9370.

DOENÇA – A raiva é uma doença fatal infecciosa que pode ser transmitida aos seres humanos por animais suscetíveis ao vírus. A vacina é a única opção para prevenir a doença. A contaminação acontece quando a pessoa é mordida ou tem contato com a saliva de cães e gatos doentes. Pessoas mordidas, arranhadas ou feridas devem lavar bem o local com água e sabão e procurar o atendimento médico.

Além disso, o animal deve ser observado por 10 dias em local isolado. No caso de qualquer mudança de comportamento, as autoridades de saúde deverão ser informadas.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.