Tenente da PM comenta estatísticas de segurança

Número de flagrantes registrados aumento 133% entre janeiro e junho

Entre janeiro e junho de 2017, o número de flagrantes lavrados na Delegacia da Polícia Civil de São Pedro passou de 6 para 14 – aumento de 133,3%. O número de pessoas presas em flagrante no mesmo período também cresceu 100%. Foram 8 ocorrências deste tipo em janeiro e 16 em junho.  Outro item com diferença significativa nos números refere-se às prisões efetuadas. Foram 14 em janeiro e 24 em junho, diferença de 71,24%.

Os dados, divulgados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública, refletem, na avaliação do tenente Sol Reys, que responde pelo comando da 3ª Companhia da Polícia Militar no período de férias do capitão Ricardo Bessa, uma ação efetiva da PM no combate às ações criminosas. “Estes números são reflexo da resposta da Polícia Militar”, reforçou o tenente, que destacou as operações realizadas, o uso das imagens das câmeras de monitoramento e as informações prestadas via 181 como importantes ferramentas de auxílio no combate a ações criminosas. “Muitas vezes conseguimos identificar com estas ferramentas o indivíduo responsável por mais de uma ação e fazer a detenção”.

 Sobre as estatísticas do número de roubos registrados na cidade, que passaram de 4 em janeiro para 18 em junho, o tenente destaca que a situação foi atípica. “Se você observar as ocorrências mês a mês, verifica que são registrados em média 4 ocorrências deste tipo. Julho ainda não terminou, mas considerados os dados registrados até agora, na comparação entre junho e julho houve queda de mais de 60%, com o registro de 6 casos”, analisa.

Para fins estatísticos, a categoria roubo considera todos os tipos de roubo- quando há uso de violência – de celular, a um estabelecimento comercial ou uma residência, por exemplo. Só o roubo de veículo é contabilizado de maneira separada. Neste caso, em São Pedro, foram registrados em todo o primeiro semestre, 10 casos, e o mesmo número em janeiro e junho: um registro em cada mês.

SEM REGISTRO - Nas estatísticas sobre as ocorrências policiais registradas mês a mês chamam a atenção as categorias que não apresentaram nenhum registro no semestre, como homicídio culposo, lesão corporal seguida de morte, latrocínio e roubo a banco, ou aquelas que apresentaram apenas um registro entre janeiro e junho: tentativa de homicídio e homicídio doloso.

‘BIG BROTHER’ AJUDA POLÍCIA – O sistema de monitoramento de câmeras instalado pela Prefeitura de São Pedro em prédios públicos e locais de grande movimentação como praças,é uma importante ferramenta no trabalho das Polícias Militar e Civil na identificação de criminosos.

Entre os casos práticos que tiveram resultado positivo, com identificação e prisão dos responsáveis pelo delito está a prisão de estelionatários de Rio Claro que vieram a cidade para aplicar golpes em pessoas, especialmente os idosos.  Com o número da placa do veículo usado, a Polícia chegou até o crimoso, que foi preso.

Nesta lista entram também roubos, furtos e até auxílio para esclarecimento do único homicídio registrado na cidade no semestre. Outro caso que chamou a atenção da Guarda Civil Municipal foi o de uma pessoa que esqueceu a bolsa com R$ 700 na praça Santa Cruz. Com o uso das imagens do sistema de monitoramento, o responsável pelo furto do dinheiro foi identificado e a vítima recebeu seus bens de volta.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.