Tapetes de Corpus Christi em São Pedro lembram 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida

O tema “300 anos de bênçãos”, que celebra o encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no rio Paraíba do Sul no ano de 1717 serviu de inspiração para os tapetes que enfeitaram as ruas do entorno da igreja matriz de São Pedro nesta quinta-feira na celebração do Corpus Christi. A procissão teve início por volta das 16h30 e atraiu muitos fieis que percorreram as ruas Malaquias Guerra, Patricio Miguel Carreta e Joaquim Teixeira de Toledo.   Os tapetes começaram a ser montados às 6h, com ajuda de voluntários das escolas municipais, Iracy Bertochi, Maria de Fátima do Amaral, Maria Angelina Leão Ferreira dos Santos, Guido Dante, Dr. Celso Silveira Mello, Antonio Carlos Pinto, do Nape São Dimas, e da escola estadual Vicente Luiz Grosso, além dos paroquianos.   A secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia, agradeceu o empenho de todos os setores envolvidos para a realização do evento. “É uma tradição na cidade e unimos esforços para manter e aprimorar”, disse.   A opção de utilizar materiais recicláveis e que podem ser reaproveitados acontece pelo quarto ano consecutivo em São Pedro, já que os tapetes com pó de serra utilizam muita água para tingimento e depois para a limpeza das ruas.   Outro detalhe que chamou a atenção pelo trajeto foram os pequenos altares montados em estabelecimentos comerciais, residências e locais como o Museu Gustavo Teixeira para celebrar a data em que os católicos celebram o “Corpo de Cristo” em todo o mundo para agradecer o dom da eucaristia. Com velas, flores, imagens e Bíblias, estas caprichadas homenagens tornam-se atrativos extras da procissão.   TRADIÇÃO FAMILIAR – As crianças Mayara e Luysa, de 4 e 1 ano e 8 meses, foram à procissão vestidas de anjo. “É uma tradição na minha família trazer as crianças vestidas de anjo. Eu também já fui vestida assim quando era criança, contou a mãe das meninas, Marisa Mandarino, que hoje mora em São Paulo, mas vem sempre a São Pedro visitar a família.   Na matriz de São José, que realizou a procissão no mesmo horário, paroquianos e a comunidade enfeitaram o trajeto que faz o entorno da Igreja de São José e da Praça Natividade Oliveira de Lima.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.