Solenidade lembra heróis de São Pedro

[caption id="attachment_3352" align="alignnone" width="300"]9dejulho2014 Tiro de Guerra participou da solenidade[/caption] [caption id="attachment_3354" align="alignnone" width="225"]jairomarinho9dejulho Jairo Marinho fez relato emocionado[/caption] [caption id="attachment_3353" align="alignnone" width="300"]Diplomados pela colaboracao pelo levantamento historico dos combatentes de Sao Pedro Cerimônia teve entrega de diplomas aos que colaboraram com o levantamento histórico[/caption] [caption id="attachment_3355" align="alignnone" width="300"]medalhas9dejulho Medalhas entregues na cerimônia[/caption] [caption id="attachment_3356" align="alignnone" width="225"]novedejulhofamiliares Familiares levaram flores no túmulo de José Augusto Frota Escobar[/caption] [caption id="attachment_3357" align="alignnone" width="300"]prefeitomedalha Prefeito Helinho Zanatta recebeu medalha[/caption]     Após sete anos sem realizar uma cerimônia em homenagem aos combatentes de 9 de julho, São Pedro voltou nesta quarta-feira a lembrar um pedaço importante de sua história  quando inaugurou  em novo local  um marco que comemora os 50 anos da Revolução Constitucionalista e descerrou  placa com o nome de outros nove combatentes que apesar de não terem nascido em São Pedro representaram o município no movimento que defendeu uma nova Constituição para o país.   O marco foi transferido para a praça Adolpho Bonifácio Bragaia e os  nomes dos combatentes que passam a integrar o monumento são Ari Soares da Silva, Augusto Vieira Filho, Genésio Palmeira, Iguatemi de Castro, Henrique Gritti, José Manuel Vicente, José Marques, Sebastião Marcondes César e Bento de Almeida Campos. Para o prefeito Helinho Zanatta, o resgate da história do município representa alegria e satisfação, além de servir como lição para o futuro. “Não devemos olhar a Revolução só como  um fato do passado. Hoje precisamos de pessoas com o mesmo desprendimento dos combatentes para doar-se  em busca de melhorias para o país”, afirmou. João Francisco de Aguiar, presidente do Núcleo MMDC São Pedro, contou na cerimônia que o levantamento desta parte da história da Estância  teve início  em 2012, após a leitura de uma carta  de seu pai relatando seu primeiro combate. Pesquisas identificaram outros nomes de pessoas que atuaram na Revolução e tinham alguma ligação com São Pedro. “São Pedro tem 36 heróis”, disse, lembrando que são 27 nascidos no município e outros nove que viveram na cidade.   A cerimônia, acompanhada por autoridades e familiares dos homenageados e com participação do Tiro de Guerra e de policiais militares, foi marcada também pela entrega de diplomas de honra ao mérito Soldado José Augusto Frota Escobar, nascido em São Pedro e que morreu em combate, a pessoas que de alguma forma contribuíram para o levantamento histórico. Receberam o diploma Antonio Carlos Soares, Ari Ribeiro de Almeida, Carmen Lúcia Melo, Carmo César Fávaro, Cássio Hellmeister Capellari, Clarissa Campos Quiararia, Eunice Borba, Gentila Frare, Ivone Gonçalves Tedesco, João Paulo Mendes Parreira, José Mário de Barros, Luiz Augusto Silva de Toledo, Maria Helena de Toledo Melo, Nilson Marchesi, Rodrigo Santos, Sanda Golinelli, Vagner de Lima e Walmy Modesto.   Medalhas constitucionalistas também foram entregues na cerimônia ao prefeito Helinho Zanatta, ao vice-prefeito Thiago Silva, à Maria Aparecida Fracasse de Barros, Maria do Carmos Mendes Andrade de Souza, que também integram o Núcleo da Sociedade dos Veteranos de 32, e ao capitão da 3 Companhia da Polícia Militar do Interior, José Luiz Mano Chiosini. Houve ainda leitura de um poema de Guilherme de Almeida, Moeda Paulista, que faz referência a doações feitas na época da Revolução para ajudar os combatentes e o relato de Jairo Marinho, 89, que, emocionado, lembrou da grande comoção sentida em São Pedro quando ocorreu o velório de José Augusto Frota Escobar, atingido quando tentava ajudar um amigo na frente de batalha.      

Publicado em: 14/07/2014 14:46

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.