Secretário aposta no turismo como saída para crise

Laércio Benko, titular da Secretaria Estadual de Turismo, participou neste sábado de reunião com prefeitos em São Pedro

“O grande objetivo de 2017 é utilizar o turismo para fomentar o emprego e a distribuição de renda”, anunciou o secretário estadual de Turismo Laércio Benko em reunião com prefeitos neste sábado, 14, em São Pedro. Para ele, o setor pode ter papel fundamental na retomada da economia do país, já que diferente da indústria e do comércio, cada vez mais automatizados, o turismo precisa de capital humano. “O turismo é a grande porta de entrada para o país voltar a ter emprego nos próximos dois anos e o Estado de São Paulo vai investir R$ 1 bilhão nesta área para ajudar no desenvolvimento”, disse.

Para São Pedro, após conversa realizada com o prefeito Helinho Zanatta, o secretário anunciou a criação de cursos voltados ao turismo na Etec. “Serão 200 vagas em áreas ligadas ao turismo”, afirmou Benko, destacando que a qualificação tem papel fundamental para o bom desenvolvimento do setor. Ele também elogiou a atuação da secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia e o trabalho realizado pelo prefeito. “São Pedro é um grande modelo de gestão”, afirmou.

 A visita a São Pedro faz parte das ações programadas pelo secretário para viajar por todo o Estado. “Faço o gabinete itinerante por determinação do governador Geraldo Alckmin para ouvir as pessoas e suas necessidades. E ninguém melhor do que os prefeitos  para falar sobre as demandas dos municípios”.

Na sexta-feira, o secretário esteve em Brotas na reunião da Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo) que abordou as mudanças de legislação no funcionamento do COC (Conselho de Orientação e Controle) e do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias e Municípios de Interesse Turístico), setores ligados à Secretaria Estadual de Turismo e responsáveis pelo funcionamento do Fumtur (Fundo de Fomento ao Turismo).

 Hoje o Estado de São Paulo tem 70 estâncias divididas entre balneárias, climáticas, hidrominerais e turísticas e há outros 210 que podem tornar-se município de interesse turístico e passar a receber verbas específicas para esta atividade.

Participaram da reunião deste sábado em São Pedro o prefeito de Torrinha, Ronaldo Gasparelo; o de Rio das Pedros, Carlos Defavari; o de Corumbataí, Leandro Martinez e o de Ipeúna, José Antonio de Campos, o Zé Banana. Também apresentaram suas reivindicações ao secretário  Adelson Sampaio, de Itirapina; Valkiria Calovi, de Charqueada e Marcelo Cavalcante, de Analândia.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.