Secretaria de Educação realiza atividades referentes ao Dia Mundial de Conscientização Sobre o Autismo

Houve programação específica sobre a data em todas as unidades escolares, envolvendo os cerca de 5 mil alunos das 22 escolas municipais

Com o intuito de promover a educação inclusiva, a Prefeitura de São Pedro, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou na última semana diferentes atividades alusivas ao Dia Mundial de Conscientização Sobre o Autismo , que é 2 de abril. Houve programação específica sobre a data em todas as unidades escolares, envolvendo os cerca de 5 mil alunos das 22 escolas municipais, do ensino Infantil ao Fundamental II. 

As atividades envolvendo os alunos aconteceram na sexta-feira, 1 de abril. Com cartazes e bexigas, os alunos da rede municipal de Ensino realizaram caminhadas e participaram de sessões musicais e de contação de histórias referentes ao Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, estabelecido em 2007 com o objetivo de difundir informações para a população sobre o tema e assim reduzir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas pelo transtorno.

“Estamos sempre atentos para envolver nossos alunos em assuntos reais da comunidade, de modo a preparar os estudantes para a uma sociedade mais inclusiva e respeitosa com todos, independente das diferenças que existam entre as pessoas”, comentou a secretária municipal de Educação, Samanta Bontorim.

Conforme o Ministério da Saúde, os TEAs (Transtornos do Espectro Autista) aparecem na infância e tendem a persistir na adolescência e na idade adulta. Na maioria dos casos, eles se manifestam nos primeiros 5 anos de vida. As pessoas afetadas pelos TEAs frequentemente têm condições comórbidas, como epilepsia, depressão, ansiedade, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. O nível intelectual varia muito de um caso para outro, de deterioração profunda a altas habilidades cognitivas. Embora algumas pessoas com TEAs possam viver de forma independente, existem outras com deficiências severas que precisam de atenção e apoio constante ao longo de suas vidas. As intervenções psicossociais podem reduzir as dificuldades de comunicação e de comportamento social e ter um impacto positivo no bem-estar e na qualidade de vida de pessoas com TEAs e seus cuidadores.

Publicado em: 06/04/2022 17:07

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.