Saúde realiza mutirão de cirurgias de catarata

imagemG_3828_2853 imagemG_3827_2853 Sob a supervisão do cirurgião oftalmologista Rafael Guena de Camargo, no último sábado (28), no centro cirúrgico do Hospital Beneficente São Lucas, a equipe de saúde do município de São Pedro realizou 29 procedimentos durante o mutirão de cirurgia de catarata. Das pessoas avaliadas, a ação atendeu dois pacientes de Águas de São Pedro, dois de Charqueada, quatro de Santa Maria da Serra e 21 de São Pedro. Com a avaliação pós-cirúrgico, as cirurgias do outro olho deve acontecer nos próximos 45 dias. De acordo com a secretária de Sáude, Miriam de Souza Silva, dos 71 pacientes convocados para comparecer na Unidade Mista e Integrada de Saúde (Umis) e serem avaliados, 11 faltaram e 37 tiveram a indicação para o procedimento. “Também recebemos 66 pessoas que vieram de forma espontânea, porque ouviram a divulgação nas rádios, carro de som e internet”, explicou. Ainda segundo a secretária, a equipe de Saúde de São Pedro trabalha de forma comprometida e empenhada para promover ações preconizadas pelo Ministério da Saúde. “Nosso foco é melhorar o atendimento e promover ações que visam à qualidade de vida da população”, disse, ao lamentar que mesmo com todo empenho, oito pacientes não compareceram ao hospital para o mutirão. Há mais de um ano esperando pela cirurgia, a aposentada Lazara Almeida de Paula, de 81 anos, de São Pedro, recebeu todo apoio da amiga Nair Braganholo. “Ela descobriu que tinha catarata logo que quebrou o fêmur e ficou na cadeira de rodas. Mas, graças a Deus, ela está ótima”, comentou a acompanhante. Da cidade de Santa Maria da Serra, o motorista José Batista Nelis, de 61 anos, comemorou a cirurgia do olho direito. “Recebi a informação de uma assistente social de que haveria mutirão em São Pedro, e não pensei duas vezes para garantir minha vaga. Agora é só me recuperar e aguardar a cirurgia do outro olho”, declarou Nelis, acompanhado por Maria dos Santos Ramos de Jesus. Quem também comemorou a oportunidade foi a doméstica Jandira Montanazo dos Santos, de 62 anos. Ao lado da filha Roseli dos Santos – ambas de Santa Maria da Serra -, a paciente disse que fez a cirurgia do olho direito há dois anos, em Piracicaba, e desde então aguardava o retorno para fazer no olho esquerdo. “O próprio doutor Rafael, que fez a cirurgia em Piracicaba, avisou que teria o mutirão e encaixou minha mãe. Graças a Deus, ela está muito bem”, disse Roseli. Doença. A catarata é uma patologia dos olhos que consiste na opacidade parcial ou total do cristalino e que começa a aparecer geralmente a partir dos 55 anos de idade. O cristalino é a lente que temos dentro do olho. Quando ela fica opaca, causa diminuição da visão e não melhora mesmo com o uso de óculos. O tratamento da catarata, quando a visão não melhora de modo satisfatório com a correção dos óculos, é sempre cirúrgico.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.