Saúde de São Pedro recebeu R$ 21,6 milhões de investimentos em 2021

A atenção básica e a assistência hospitalar de São Pedro receberam investimentos municipais de R$ 21,6 milhões em 2021. O percentual aplicado foi de 33,27%, ou seja, mais que o dobro dos 15% determinados pela legislação. Os números foram apresentados na audiência pública realizada pela Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social, com transmissão ao vivo pelo Facebook da pasta, gravada na Câmara Municipal de Vereadores na sexta-feira, dia 11.

De acordo com a coordenadora de Vigilância em Saúde, Sylvia Rakowski, do total investido, R$ 4,8 milhões foram para atenção básica e R$ 15,4 milhões para assistência hospitalar. “Nas despesas liquidadas foram R$ 202 mil para Vigilância Sanitária e R$ 17,7 mil para Vigilância Epidemiológica”, informou.

Entre os números destacados no controle de endemias, o município registrou 2.598 visitas em imóveis, 206 atendimentos a população, 600 ADLs (Avaliação de Níveis de Infestação de Larvária) e 73 coletas de sangue para diagnosticar Leishmaniose. “Também contabilizamos 892 vacinas antirrábicas em cães e 218 em gatos”, disse a coordenadora.

No caso da Vigilância Epidemiológica, no último quadrimestre de 2021 foram realizados 654 exames PCR Covid, acompanhamento de 207 pacientes com o novo coronavírus, distribuição de 14.200 preservativos, aplicação de 25.797 vacinas da Covid 19 e mais 1.760 vacinas de rotina. Entre teste de HIV, hepatite B, hepatite C e sífilis, foram 391 de cada.

Na produção ambulatorial, Sylvia destacou os 16.652 acolhimentos com classificação de risco, 339 atendimentos na atenção especializada e 16.791 procedimentos em Pronto Atendimento. “Na Farmácia registramos o total de 6.078 atendimentos no alto custo, 60.785 na atenção básica e 2.712.074 itens dispensados”.

No casos dos procedimentos ambulatoriais, foram 950 consultas de pré-natal, 4.635 com profissionais da atenção básica, 2.891 com profissionais da atenção especializada, 13.969 consultas médicas em atenção básica e 407.094 consultas médicas em atenção especializadas. “Também destacamos 677 atendimento odontológicos, 6.315 com fisioterapeutas, 840 com fonoaudiologistas, 271 em terapia ocupacional e 539 com neurologistas”, disse, sobre os procedimentos no CER (Centro Especializado em Reabilitação).

Além dos 30.907 procedimentos de enfermagem da atenção primária, entre ministração de medicamentos, aferição de pressão, atividades de orientação e educação em saúde e outros, a coordenadora ressaltou as 11.228 visitas domiciliares de agentes comunitários, 304 de enfermeiros e técnicos e 242 de pediatras.

Pelo Hospital São Lucas foram realizadas 724 internações cirúrgicas, 125 médicas e 109 obstétricas. No Caps (Centro de Atenção Psicossocial), entre terapeuta ocupacional, assistente social, enfermeiros, psicólogos e psiquiatras foram 2.965 atendimentos. A Secretaria de Saúde e Desenvolvimento Social atende nos telefones: (19) 3481-9370, 3481-9371 ou 3481-9372. E-mail: saude@saopedro.sp.gov.br

Publicado em: 14/03/2022 08:57

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.