São Pedro terá apresentação gratuita e sustentável de cinema

Printopalhaço Projeto itinerante de exibição de filmes passará por mais de 60 cidades paulistas com o patrocínio da CPFL Energia e em parceira com primeiro cinema solar do Brasil No próximo dia 11, terça-feira, São Pedro será o primeiro município a receber o projeto Cinecidade, circuito itinerante de exibição de filmes brasileiros no Estado de São Paulo, em parceria com o primeiro cinema sustentável do país, o Cinesolar. A programação, com entrada gratuita, acontece ao ar livre na Praça da Matriz, e conta com uma mostra de cinema especial para crianças, às 18h, e a exibição do filme “O Palhaço”, dirigido e estrelado pelo ator Selton Mello, às 19h. Patrocinado pelo Grupo CPFL Energia e com o apoio da CPFL Cultura, o projeto integra o Circuito de Arte e Cultura CPFL. Ao longo do ano, mais de 60 cidades paulistas serão palco para a programação do Cinecidade. Além de sessões gratuitas, o circuito ainda promove oficinas de sustentabilidade para crianças e adolescentes. Em São Pedro, o projeto recebe apoio da Prefeitura, por meio das secretarias de Turismo e Educação. “Ao longo dos anos, a CPFL Cultura se tornou uma referência em sua missão de filtrar, organizar e contextualizar as questões do mundo contemporâneo a partir de debates, reflexões e programas culturais. Tão importante quanto organizar esta produção é compartilhá-la. Por isso nos esforçamos para alcançar o público por meio do rádio, da TV e da internet, e também do Circuito de Arte e Cultura CPFL, do qual o Cinesolar é parte. Este projeto, que reúne cinema, responsabilidade social e sustentabilidade no mesmo trajeto, reforça nosso compromisso de levar ao maior número possível de pessoas o que há de melhor na produção cultural brasileira hoje”, afirma Mário Mazzilli, diretor-superintendente do Instituto CPFL. A parceria entre o Cinecidade e o Cinesolar é inédita. Além de projetar os filmes com energia limpa e renovável, o cinema solar leva toda estrutura necessária para realizar as sessões, desde telão até cadeiras para o público. A cada mês será exibido um filme brasileiro diferente. O longa “O Palhaço” entra em cartaz nas sessões de agosto. “Nosso objetivo é difundir e democratizar o acesso às produções audiovisuais brasileiras através de um circuito paralelo ao das salas comerciais e que também possam dialogar com nosso público. O filme produzido em nosso país precisa se encontrar com os brasileiros. Além disso, conseguimos atrelar esta ação com temas relacionados à sustentabilidade e ao meio ambiente. E isso torna a iniciativa ainda mais enriquecedora para quem participa”, diz Cynthia Alario, diretora da Brazucah Produções, responsável pelos projetos Cinecidade e Cinesolar. No dia 12, é a vez da cidade vizinha Charqueada receber o projeto. Mais informações e programação completa em: www.cinesolar.com.br Sobre o CINESOLAR O projeto tem a realização da Brazucah Produções em parceria com a Associação Cultural Simbora e a SemearteProductil. O Cinesolar ainda conta com o apoio da Fundação Holandesa Doen, promotora da sustentabilidade, cultura e inovação social em vários países, e do Solar World Cinema, projeto holandês que difunde cinemas solares. Além das sessões sustentáveis de cinema, o projeto brasileiro ainda promove oficinas de sustentabilidade - música orgânica e ecografite - voltadas para crianças e adolescentes e apresentações artísticas.   SERVIÇO Projeto Cinecidade em São Pedro Quando: Terça-feira, dia 11/08, às 18h (mostra de cinema infantil) e às 19h (sessão do filme principal) Onde: Praça da Matriz Entrada: Gratuita Obs.: Caso chova, as sessões acontecerão no Museu Gustavo Teixeira (Rua Joaquim Teixeira de Toledo, 524 – Centro)  
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.