São Pedro tem saldo positivo no Caged

DSC_9040   Em um período de grande retração econômica -  com registro de recuo no PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro no terceiro trimestre e maior queda nos investimentos desde o primeiro trimestre de 1996 – São Pedro conquistou um diferencial que ganha ainda mais destaque em tempos de crise: saldo positivo no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego. Entre janeiro e julho de 2015, foram registrados 1.511 admissões e 1.466 desligamentos no município, o que representa um saldo positivo de 45 empregos. Neste mesmo período, a micro região da qual São Pedro faz parte, formada por Águas de São Pedro, Capivari, Charqueada, Jumirim, Mombuca, Piracicaba, Rafard, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Maria da Serra e Tietê, registrou um saldo negativo de 2.009 empregos. No Estado, a diferença entre contratações e desligamentos foi de 119.051 postos de trabalho e no Brasil, 547.438 neste mesmo período. O Caged apura também o salário médio registrado na admissão do trabalhador. Em São Pedro, este valor é de R$ 1.171,84, considerado o período entre janeiro e julho de 2015. Os dados representam os empregos formais do município que são, de acordo com o levantamento do  Ministério, 5.912  em 1.895 estabelecimentos. No levantamento denominado Perfil do Município é possível verificar as funções que tiveram maior saldo positivo e negativo. O maior saldo positivo foi verificado na função de operador de máquinas fixas em geral (26) e o negativo, na função vendedor de comércio varejista (-32). Outros destaques positivos são professor de ensino médio no ensino fundamental (17), professor de nível superior na educação infantil (14) e auxiliar de laboratório de análises físico-químicas (15). A situação atual é bem diferente da observada em 2012, por exemplo, quando a economia do país cresceu 0,9% e, entre janeiro e dezembro, o saldo registrado em São Pedro foi negativo de 114 vagas, com salário médio na admissão de R$ 894,18. Em 2013, entre janeiro e dezembro, o saldo foi positivo de 199 empregos e o salário médio da admissão foi de R$ 974,10. Já em 2014, este valor de referência subiu para R$ 1.079,11 e o saldo entre admitidos e desligados no período entre janeiro e dezembro foi positivo: 124. Para o prefeito Helinho Zanatta, a evolução no município nesta área é resultado da melhora da infraestrutura, como as obras de saneamento, pavimentação, recapeamento, às voltadas à educação e saúde e da política da atração de empresas para o município, que prioriza atividades que possam garantir desenvolvimento do município sem prejudicar suas características naturais, como a vocação para o turismo.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.