São Pedro sediou 20ª clínica de pilotos e instrutores de voo livre

 oficinadeparapente3 oficinadeparapente2 oficinadeparapente Nos dias 30 e 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, a cidade de São Pedro recebeu, aproximadamente 400 participantes no Hotel Fazenda São João, na 20ª Clínica de Pilotos e Instrutores da Associação Brasileira de Parapente (ABP).   Com apoio da prefeitura, o evento técnico recebeu profissionais de voo livre de vários estados como Tocantins, Rondônia, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina. “É fundamental a participação da prefeitura neste evento. Temos uma rampa de voo livre muito conhecida pelos pilotos e instrutores, além das boas condições e de pessoas qualificadas e atentas, o que nos garante um reconhecimento mundial”, disse Ronaldo Novoa, diretor técnico da ABP e organizador e diretor da Clínica.   De acordo com Novoa, eventos como este, que garantem a participação de  destaques do voo livre mundial, como o suíço Andy Hediger (um dos precursores do esporte no mundo), enaltecem a cidade e engrandecem o esporte. “Nosso clube de voo livre, há mais de 10 anos em São Pedro e com mais de 210 associados, fica muito feliz. Isso é um grande prestígio para o esporte na cidade. A anuência da ABP pode colaborar para que a cidade faça parte deste evento com calendário anual. Vamos buscar esta parceria agora”, destacou.   Para Clarissa Quiararia, secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, se depender da prefeitura para o apoio, este evento fará sim parte do calendário da cidade. “Eventos como este, de um segmento tão importante para nós, só faz com que o município se desenvolva ainda mais turisticamente. Temos um cenário favorável para o voo livre e nossa estância é reconhecida nacionalmente pelo esporte. Iremos apoiar e fortalecer para que realmente a clínica faça parte de nosso calendário anual, trazendo mais desenvolvimento e possibilidades de crescimento no esporte e no turismo, gerando mais demanda econômica e rotatividade na área hoteleira e gastronômica”, disse.   EVENTO - O objetivo da clínica é homologar e qualificar ainda mais os profissionais de voo livre com workshops de tirolesa, primeiros socorros e dobragem de para-queda reserva. A clínica foi dividida em módulos, Módulo Instrutor – Homologação; Módulo Avançado – Monitoria e Voo Duplo; e Módulo Piloto – Evolução. Este ano, a novidade ficou por conta da exposição de fábricas, onde representantes de diversos produtos para voo livre participaram com demonstrativos e produtos.   RECORDE – A rampa de voo livre de São Pedro é uma das mais seguras do mundo. De acordo com Ronaldo Novoa, o local nunca registrou acidentes fatais, o que garante a visão de boas condições e segurança no esporte. Foi dela que saiu o recorde de voo livre de distância livre em linha reta, do qual o piloto decolou de São Pedro e percorreu 217 quilômetros até o pouso em Ribeirão Preto. A rampa também é apropriada para os iniciantes do esporte, bem como os veteranos.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.