São Pedro se mantém na fase 2 e continua seguindo orientação do estado

Outras regiões tiveram retrocesso e perderam fase de flexibilização; continua orientação para população sair de casa apenas se necessário

A partir de segunda-feira, dia 15, o estado de São Paulo entra numa nova fase de quarentena como pronunciado pelo governador João Dória. São Pedro, que faz parte da região de Piracicaba, se mantém na fase 2. Outras regiões, devido ao aumento de casos e falta de leitos retrocederam, como Ribeirão Preto, Barretos e Presidente Prudente que voltaram à fase 1.

De acordo com o Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus, criado pela Prefeitura de São Pedro, o município, por estar dentro de uma região, pode também ter retrocesso pelo governo estadual. "Precisamos da colaboração da população para sair de casa somente quando necessário, e quando sair, usar máscaras, além de nosso comércio e outras atividades que puderam flexibilizar neste momento, continuar seguindo rigorosamente as orientações de protocolos sanitários para nos mantermos nesta fase ou flexibilizar ainda mais subindo para a fase 3. Isso depende de todos nós", destacou Pedro Aguiar, secretário de Governo e coordenador do Comitê.

Estas ações entram para compor as estatísticas do governo estadual para ampliar ou restringir as fases da flexibilização através do acompanhamento pelas Diretorias Regionais de Saúde com dados das cidades.

Brotas, por exemplo, cidade próxima de São Pedro, mas que pertence a regional de Bauru  e que estava na fase 3, agora, retornou para fase 2 a partir do dia 15 até o dia 28 de junho, como anunciado pelo governo estadual.

Para o Comitê, apesar da flexibilização gradual, e São Pedro se manter ainda na fase 2, a continuação do trabalho de higienização e cuidados devem permanecer, já que os dados serão avaliados pelo Governo do Estado semanalmente. "Caso São Pedro aumente casos positivos e tenha hospitalizados, principalmente, podemos perder a classificação e sermos obrigados a retroagir também. Portanto, a conscientização de nosso comércio para com os protocolos sanitários orientados pelo estado precisam continuar sendo respeitados, aquecendo novamente nossa economia e diminuindo o avanço da pandemia", afirmou Pedro Aguiar.

 

Publicado em: 12/06/2020 09:49

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.