São Pedro lidera criação de vagas na microrregião

Em 2019, São Pedro apresentou um saldo positivo de 513 vagas no Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia, usado para elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, além de subsidiar análises que baseiam ações governamentais. Foi o melhor resultado na microrregião formada pela Estância e mais 11 municípios: Águas de São Pedro, Santa Maria da Serra, Charqueada, Rio das Pedras, Piracicaba, Saltinho, Mombuca, Capivari e Tietê. 

Entre estas cidades também foram destaque no saldo positivo entre admissões e desligamentos, Capivari (355); Piracicaba (347) e Tietê (293). Quatro municípios registraram índices negativos: Rafard (-109), Rio das Pedras (-106); Charqueada (-34) e Saltinho (-14).

Considerados os dados das 12 cidades, o saldo positivo foi de 1.428 vagas em 2019. O Caged informa também as contratações por atividade. Em São Pedro, lideraram as contratações as funções vendedor de comércio varejista, alimentador de linha de produção, motorista de caminhão, operador de negócios, embalador manual, trabalhador da cultura de cana de açúcar, auxiliar de escritório, professor de ensino fundamental, faxineiro e assistente administrativo.

O saldo de 513 vagas também foi o melhor registrado em São Pedro desde 2013 e representa aumento de 429% em relação a 2018, quando a diferença entre admitidos e desligados foi de 97.

Se considerados os dados registrados entre 2013 e 2019, o saldo positivo acumulado de São Pedro é 1.197. A segunda cidade com melhor resultado positivo neste período foi Jumirim, com 207, seguida por Mombuca (155) e Águas de São Pedro (101). No acumulado de 2013 a 2019, são várias as cidades com resultado negativo: Piracicaba (-5.896), Rafard (-820), Tietê (-355), Charqueada (-241), Capivari (-224) e Santa Maria da Serra (-145). 

O levantamento do Caged informa ainda o rendimento dos trabalhadores contratados em 2019. No topo da tabela de São Pedro está a função de diretor de operações de serviços de armazenamento, contratado por R$ 16,5 mil e na outra ponta, embalador, função para a qual foram criadas 100 vagas, com rendimento de R$ 988,51. O salário médio das contratações foi de R$ 1.450,66.

Outro dado apresentado é que entre as 2.720 admissões registradas no ano passado em São Pedro, 290 são de primeiro emprego. Entre os 2.268 desligamentos, 1.312 foram sem justa causa, 629 a pedido, 1 por aposentadoria e 9 por morte.

Para o coordenador de Emprego e Renda, Carlos Eduardo Quaresma, os números refletem principalmente a movimentação econômica na cidade, com contratações da indústria, como as realizadas ao longo do ano pelas empresas Sae Dong, Coperfis, Indústria e Comércio de Vinagre e Bebidas Montes Verdes e  Suporte Engenharia, estas duas últimas recém-instaladas no Distrito Industrial  e do setor de serviços, principalmente comércio e hotelaria, com abertura de lojas em áreas variadas, como farmácias e outras atividades.

O Caged refere-se ao emprego formal, com carteira assinada. Em todo o Brasil foram criados 644.079 empregos em 2019.Os dados estão disponíveis em trabalho.gov.br/trabalhador-caged

Supermercado amplia unidade e contrata mais funcionários

O Supermercado Jardim São Pedro, que reinaugura neste sábado, dia 1º de fevereiro, sua unidade no bairro de mesmo nome, ampliou em 10% o número de funcionários em 2019. Atualmente trabalham no local 282 pessoas.  

“Fizemos uma expansão com base no movimento da loja e na perspectiva de crescimento econômico da cidade”, informa Douglas Baltieri, proprietário da empresa de origem familiar do ramo supermercadista que tem três lojas: duas em São Pedro e uma em Águas de São Pedro.

A perspectiva para 2020 é de mais contratações. “Estão programados investimentos em equipamentos e para algumas áreas, como cozinha e açougue, devemos fazer novas contratações”, avisa.

 

 

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.