São Pedro é o 2º em produção entre 26 municípios da DRS X

Entre os 26 municípios que integram o DRS (Departamento Regional de Saúde) X,  de Piracicaba, São Pedro foi o segundo em produção - consultas, atendimentos, exames e cirurgias. Os dados foram apresentados na audiência pública da saúde realizada na Câmara Municipal no último dia 24 de fevereiro.

Entre os vários números que chamam a atenção na apresentação das atividades realizadas entre setembro e dezembro está o de consultas realizadas nas unidades: 48.609, contabilizados os atendimentos realizados em todas as Unidades Básicas de Saúde, UPA e Santa Casa.

Para realizar todos estes atendimentos, o investimento em todo o ano de 2016 foi significativo. A atenção  básica recebeu R$ 11,9 milhões; a assistência hospitalar, R$ 12,8 milhões;o suporte terapêutico foi o destino de R$ 91,7 mil; a Vigilância Sanitária recebeu R$163, 7 mil e a Vigilância Epidemiológica, R$ 503,3 mil, totalizando R$ 26,2 milhões destinados à saúde no quadrimestre, o que equivale  a 32,82% das receitas do município, mais que o dobro do que o percentual exigido por lei para aplicação na saúde, que é de 15%.

Outros números que se destacam no quadrimestre são os 23.840 pacientes atendidos na farmácia municipal  e outros 5.776 na farmácia de alto custo e os 44.337 exames feitos no período. Na  Santa Casa, foram realizadas 283 cirurgias,  entre catarata , vascular, colecistecmia, ginecológicas, e histectomia.

QUALIFICAÇÃO É NOVA PRIORIDADE -  A secretária de Saúde Miriam Souza Silva explicou aos presentes que a prioridade da secretaria este ano é qualificar os serviços. "Em 2014, após as conferências municipais de saúde, estabelecemos como meta o fortalecimento da atenção básica e conseguimos fazer isso, levar o atendimento para perto da casa das pessoas. Agora, queremos qualificar este atendimento", afirmou, destacando também que deve começar a funcionar este ano o CER (Centro Especializado em Reabilitação), ao lado da Umis, que vai realizar serviços como fisioterapia, eletroterapia, cinesioterapia e mecanoterapia para atender pacientes de traumas e casos clínicos em déficit motor e intelectual.

Também já começou a funcionar em São Pedro o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) que oferece atendimento em casos diagnosticados relacionados à saúde mental. Atualmente o atendimento acontece na Umis (Unidade Mista e Integrada de Saúde).

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.