São Pedro e Águas pedem mais vacinas para atender população

As Secretarias de Saúde de São Pedro e de Águas de São Pedro fizeram um pedido ao Estado para mais um lote de dosagem das vacinas contra a gripe (H1N1). A demanda de imunização aumentou após um caso suspeito de óbito de uma moradora de São Pedro. A Saúde de São Pedro aguarda o laudo final da causa da morte.

“É bom deixar claro que não houve nenhum caso concreto de óbito por conta da H1N1 nem em Águas, e nem em São Pedro. Nosso trabalho é no sentido da prevenção e de imunizar o maior número possível de pessoas”, disse o secretário de Saúde de Águas, João Victor Barboza. Para a titular da pasta em São Pedro, Miriam Souza, “pode ser que exista um foco e por isso nosso trabalho vai no sentido da prevenção. Precisamos desse reforço de vacinas”, argumentou.

Um pedido oficial foi entregue ao Grupo Regional de Vigilância Epidemiológica (GRVE), com sede em Piracicaba, para que o Estado forneça mais uma dosagem da vacina contra a gripe.

Em São Pedro, foram aplicadas até o dia 31, 7.901 doses nos grupos prioritários, alcançando o índice de 89,32%, número bem próximo aos 90% recomendados pelas autoridades de saúde.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.