SANEAMENTO - Segunda audiência acontece em janeiro

imagemG_3928_2924 (1) imagemG_3929_2924 (1) A segunda audiência para discutir o Plano Municipal de Saneamento Básico de São Pedro está marcada para o próximo dia 20 de janeiro de 2014. No último dia 16, no Museu Gustavo Teixeira, durante a primeira audiência, cerca de 60 pessoas tiveram a oportunidade de conhecer os projetos previstos para os próximos 30 anos. No encontro, o prefeito Helinho Zanatta falou sobre a importância do Plano para o município. “Estamos aqui para cumprir uma lei federal de 2007. O município que não tiver um plano de saneamento não terá condições de apresentar projeto e solicitar recursos para áreas de água, esgoto, drenagem e resíduos”, declarou Zanatta, ao referir-se a Lei Federal 11.445 e o Decreto Federal 7.217/2010. Durante a apresentação, o engenheiro Adovahyr Fernandes Júnior, da Proesplan Engenharia – empresa vencedora da licitação para elaboração do projeto -, explicou que Plano de Saneamento de São Pedro engloba serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, gestão de resíduos e drenagem pluvial. “Pensando numa projeção populacional de 40.274 habitantes para 2043, fizemos um estudo detalhado envolvendo ações relacionadas à água, esgoto, lixo e drenagem, com abrangência para os próximos 30 anos”, informou o engenheiro. Além de propor investimentos para uma coleta de lixo de forma gradativa, contado com a adesão da população, o Plano prevê obras de microdrenagem e macrodrenagem. “Também propomos a instalação de uma usina para processar e separar entulho de construção civil. Esse material poderá ser usado para outras ações, com a contenção das voçorocas dos bairros São Dimas e Alpes das Águas”. Quanto ao abastecimento de água no município, a sugestão é de buscar novas fontes de captação, como o ribeirão Araquá. “A ideia é deixar os poços à disposição, mas trazer essa nova fonte e trabalhar com a setorização na distribuição”, disse Fernandes Júnior, ao frisar que o índice de perdas de água em São Pedro é de 48%. “Água tem, mas o esse índice de perda é superior aos 25%, considerado aceitável”. Além da presença do prefeito Helinho Zanatta e do vice-prefeito, Thiago Silva, as ações foram conduzidas pelo coordenador geral da audiência pública, Bento de Jesus Guastalli, o secretário da audiência, Francisco Duarte, o presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro (Saaesp), Sérgio Patrício, e os técnicos da Proesplan, Jaques Luba e Ana Paula Frederico. Os vereadores Índio, Dingão, Adriano Vitor, Dú Sorocaba e o presidente da Câmara, Cássio Capellari, também participaram. No site www.saopedro.sp.gov.br é possível consultar todo conteúdo do Plano Municipal de Saneamento Básico. Há cópias impressas no Museu Gustavo Teixeira. Sugestões também podem ser enviadas pelo e-mail: bguastalli@saopedro.sp.gov.br SERVIÇO. A segunda Audiência Pública do Plano Municipal de Saneamento Básico de São Pedro acontece no próximo dia 20 de janeiro, às 17 horas, no Museu Gustavo Teixeira, que fica na rua Joaquim Teixeira de Toledo, 524, área central. Mais informações pelo (19) 3481-9233. Fotos: Diego Soares
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.