SAAESP: Presidente acredita estar sofrendo boicotes

Sérgio Patrício é o presidente da autarquia

Sérgio Patrício é o presidente da autarquia


O presidente do Saaesp (Serviços Autônomo de Água de Esgoto de São Pedro), Sérgio Patrício, disse que vai registrar boletins de ocorrências para apurar os boicotes que estão acontecendo em determinados locais de abastecimento de água e até na Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Horto Florestal. Além de lamentar a falta de água que acontece há mais de 20 anos na cidade de São Pedro, Patrício acredita que pessoas mal intencionadas estão articulando ações para prejudicar ainda mais os serviços.

Na tarde no último domingo (10), por exemplo, o presidente conta que foi chamado pela secretária de Saúde, Miriam de Souza e Silva, alertando que tinha acabado a água da Santa Casa. Ao chegar no local, Patrício contou que foi surpreendido com o registro fechado.

Um dia antes, no sábado, o mesmo incidente aconteceu em um restaurante da área central da cidade, onde, inclusive, estava sendo realizado um casamento. “Chegamos no estabelecimento e notamos que o registro também foi fechado”, declarou.

Outros casos suspeitos, segundo o presidente do Saaesp, foram registrados na Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Horto Florestal. Somente nesses últimos 10 dias, o Saaesp constatou que a chave da energia foi desliga três vezes.

“Acreditamos sim, que tem gente sabotando nossos serviços para tornar a população contra nossa administração. É muita coincidência sermos chamados em dois locais diferentes e encontramos o registro fechado. No caso da ETE, mandamos trocar as chaves dos cadeados. E se acontecer mais uma vez, vamos ter que registrar boletim de ocorrência na Delegacia de São Pedro”.

Publicado em: 18/03/2013 16:22

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.