Saaesp faz ação nos bairros Recanto das Águas e Santa Mônica

Nova-sede-Saaesp-fachada1 

 

O Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro) vai promover uma ação especial nos bairros Recanto das Águas e Santa Mônica na terça-feira, dia 10 de junho. O objetivo é identificar possíveis imóveis que tem ligação da água pluvial (da chuva) na rede de esgoto, o que é proibido por lei.

Para identificar as casas que tem a ligação irregular, técnicos de uma empresa contratada pelo Saaesp vão usar um sistema que aplica fumaça na rede e ajuda a identificar o percurso da água. A técnica não causa nenhum prejuízo no sistema de encanamento dos imóveis nem é prejudicial à saúde.

Em caso de identificação da ligação irregular, o responsável pelo imóvel será inicialmente notificado e orientado a adotar procedimentos para se adequar à lei. “Vamos fazer uma ação inicial nestes bairros como teste”, avisa o diretor-presidente do Saaesp, Sérgio Patricio. A ação vai ocorrer também em outros bairros.

Jogar a água da chuva na rede de esgoto gera vários transtornos, especialmente a moradores de bairros na área mais baixa da cidade. Com o aumento do volume de água, o esgoto pode retornar para as casas, romper tubulações e causar vazamento de esgoto nas ruas, com grande risco à saúde. Em época de chuvas, o número de entupimentos e vazamentos de esgoto nas casas e nas ruas aumenta bastante porque muitas pessoas ligam a rede pluvial à rede de esgoto, que não é projetada para receber o volume de água que vem das chuvas.

O QUE FAZER - As águas das chuvas devem ser coletadas pelas calhas dos telhados e ralos dos pátios e quintais e conduzidas por tubulações independentes das instaladas para o esgoto das residências.

 

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.