Resíduo do Fundeb será pago a 293 professores

Secretaria de Educação A Prefeitura de São Pedro vai pagar a 293 professores da rede municipal de ensino o resíduo do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica) de 2014. São R$ 439.936,89 que serão divididos de acordo com critérios estabelecidos em lei municipal, como a assiduidade, carga horária e tempo de contratação. O pagamento será feito na próxima semana. O dinheiro do Fundeb rateado entre os professores corresponde aos 60% destinados anualmente à remuneração dos profissionais do magistério - professores e profissionais que exercem atividades de suporte pedagógico, como direção ou administração escolar, planejamento, inspeção, supervisão, orientação educacional e coordenação pedagógica em efetivo exercício na educação básica pública. Os outros 40% são aplicados nas demais ações de manutenção e desenvolvimento da educação. Em 2014, apesar de todas as adequações realizadas pela Administração Helinho Zanatta na Educação, como acerto no pagamento dos professores que não recebiam de acordo com o piso nacional, efetivação de professores no quadro, criação do cargo de agentes cuidadores, cursos de qualificação e outras medidas acertadas entre representantes da categoria e o prefeito, houve o resíduo do Fundo que agora será destinado aos professores. O valor do resíduo do Fundo é considerado um prêmio de valorização. O maior valor bruto pago será de R$ 3.218,24. A maior parte dos profissionais da educação vai receber R$ 1.950,46, mas o valor varia de acordo com a assiduidade, carga horária e tempo de contratação dos profissionais de educação. Todos os professores já receberam o pagamento das férias neste início de ano e no pagamento de fevereiro os profissionais vão receber de acordo com o novo piso nacional da categoria, reajustado em 13,01% pelo MEC (Ministério da Educação). Com o reajuste, o valor do piso para a jornada de 30 horas passa a ser R$ 1.438,33 em São Pedro. AUMENTO DA DEMANDA – Para 2015, a educação, uma das prioridades da Administração Helinho Zanatta, terá outros projetos, como contratação de professores para atender o aumento da demanda de alunos. Em 2013, eram 4.569 alunos, número que subiu para 4.798 em 2014. Para 2015, a projeção é de 5.338 alunos, aumento de 16,8% em relação a 2013. Outra novidade de 2015 é a implantação do projeto Tempo Integral para alunos do ensino fundamental. As unidades que vão participar do projeto funcionarão em dois turnos diurnos, numa jornada de nove horas diárias com intervalo para almoço e recreio, totalizando carga horária semanal de 45 horas. Os alunos terão diariamente cinco horas destinadas ao desenvolvimento das disciplinas do currículo básico e outras quatro aulas diárias destinadas às oficinas curriculares e ao apoio pedagógico.    
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.