Reforma e implantação de seis “cartões-postais” de São Pedro começam segunda-feira

A assinatura de contratos de reforma ou implantação de seis importantes obras na área de turismo marca mais uma etapa do processo de reformulação de “cartões postais” de São Pedro: Parque Maria Angélica Manfrinato, Boulevard Dona Hermelinda, que abriga a Feira de Artes e Artesanato, espaço da Feira do Produtor Rural, Praça Gustavo Teixeira e Praça da Matriz, pista de caminhada do Novo Horizonte e a implantação da Pista de Voo Livre no alto da serra. O investimento será de R$ 2,1 milhões, com recursos liberados via Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias).  As empresas vencedoras das licitações começam a trabalhar nos locais na segunda-feira, dia 28.

Orçadas inicialmente em R$ 2.492.070,15, as obras foram contratadas por R$ 2.137.571,73. A economia de R$ 354.498,42 ou o equivalente a 14,23%, foi obtida após os processos licitatórios vencidos por três empresas: R. Maluf Engenharia e Construções Ltda., Rodrigo Fernando Porto ME e Contisa Construções e Comércio.

O maior volume de recursos – R$ 548.308,63 – será destinado à revitalização das praças da Matriz e Gustavo Teixeira. O secretário de Obras e Serviços Públicos, Luis Carlos Piedade, explica que os locais não vão sofrer qualquer tipo de alteração na arquitetura. “As áreas serão revitalizadas sem alteração na estrutura principal”, reforçou.

Entre as ações previstas para as praças estão pintura dos bancos e do coreto, paisagismo, iluminação em LED, sinalização tátil horizontal, limpeza e reparo do calçamento em pedra portuguesa e iluminação de piso nas vegetações. O prazo previsto para execução é de 4 meses.

 Para a revitalização da área da Feira do Produtor Rural serão destinados R$ 429.474,38. Estão previstas ações como execução de novo piso em granito, fechamento parcial da estrutura lateral, reforma dos sanitários masculino e feminino, construção de sanitário acessível, revestimento em pastilha dos bancos, pintura em geral, manutenção das telhas, revisão das partes hidráulica e elétrica, rampa de acessibilidade e instalação de equipamentos de combate a incêndio e iluminação de emergência. O prazo previsto para a execução é de 5 meses.

NOVO PONTO TURÍSTICO - A implantação do Parque de Voo Livre no alto da serra terá investimento de R$  426.580,45. Serão construídos dois níveis. O superior vai abrigar um mirante e o inferior, lanchonete, sanitários masculino, feminino e acessível, além de sala para administração com varanda em pergolado. O prazo previsto para a execução é de seis meses.

A pista de caminhada do bairro Novo Horizonte é outro ponto que vai ser restaurado.  No local, que vai receber investimentos de R$ 308.455,29, serão executados serviços de pavimentação asfáltica com pintura demarcando a distância a cada 50 metros, passeio público  em concreto, alambrado de fechamento e iluminação da pista de caminhada. A obra deve ser executada em 4 meses.

Na revitalização do Boulevard de Artes e Artesanato Dona Hermelinda haverá substituição do piso existente por granito, fechamento parcial de toda lateral da estrutura, pastilha cerâmica na mureta, pintura de toda a estrutura metálica e substituição de telhas danificadas. O contrato é de R$ 212.723,44 e a previsão de execução é de 4 meses.

Para o Parque Maria Angélica Manfrinato , obra que terá investimento de R$ 212.029,54, foram contratadas ações como manutenção do passeio de concreto, plantio de grama, pintura das grades metálicas, instalação de novas lixeiras, reforma dos deques de madeira, , revitalização dos totens de entrada com a imagem de Maria Angélica, revitalização dos quiosques, da Casa de Artesanato, reforma na bica, revitalização geral dos brinquedos e iluminação no entorno do lago. O prazo previsto para execução é de 4 meses.

COLABORAÇÃO -  A secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia, pede a colaboração da comunidade. “Em alguns momentos estes espaços vão ficar fechados, pode ser que cause algum incômodo, mas é tudo pelo bem da cidade”, destaca. A secretária também ressalta que as obras, fruto de todo planejamento coordenado pelo prefeito Helinho Zanatta, antes de serem voltadas aos turistas, são projetadas com foco na população.  “Antes de a cidade ficar atrativa aos turistas, ela precisa estar boa para a população, que vem em primeiro lugar”, afirmou.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.