Rede Municipal de Educação tem alunos semifinalistas no Projeto EPTV na Escola

A EPTV divulgou nesta quinta-feira (14) a lista dos alunos semifinalistas do Projeto EPTV na Escola 2017. O projeto é desenvolvido todos os anos com alunos do 9º ano do ensino fundamental em diversas regiões de cobertura de emissora, englobando redes municipais, estaduais e particulares. Consiste em trabalhar questões de relevância e interesse sociais em sala de aula, promovendo o debate, a reflexão e o desenvolvimento da habilidade de produção de textos. O intuito é formar alunos proativos e participativos. O tema deste ano foi: “Se esta rua, se esta rua fosse minha...Por quê? Não é?”.

Os alunos semifinalistas deste ano são os estudantes da Rede Municipal de Educação: Karina Rodrigues Damascena, da Emeb Professora Ricarda de Paiva Lima Berzin, orientada pela professora Evaneide Teixeira de Oliveira; José Victor de Mendonça, da Emeb Professor Benedito Modesto de Paula, orientado pela professora Ligia M. Bilia Matarazzo, os alunos Eduarda Pires e Victor Hugo Marcolongo, ambos da Emeb Gustavo Teixeira, alunos do professor Maike Constantino da Silva. Também foi classificada Sthefany de Barros Spina, do Centro Educacional Tia Leninha, orientada pela professora Luciana Stanich Torres.

Além do trabalho em sala de aula, os alunos que tiveram suas redações selecionadas pelas escolas na primeira etapa participaram de uma visita à emissora, que ocorreu no dia 5 de setembro, ocasião em que puderam acompanhar a gravação de uma etapa do telejornal e conhecer um pouco da rotina de uma emissora de televisão.

O resultado positivo desta etapa de seleção é fruto do comprometimento da Rede Municipal de Educação com o desenvolvimento de habilidades e competências que visem à formação integral dos alunos para o exercício pleno da cidadania.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.