Programa Sorriso Legal orienta sobre saúde bucal em escolas

Uma parceria das secretarias municipais de Educação e Saúde deu início a uma série de atividades de orientação sobre a saúde bucal. Voltado para estudantes de 5 a 16 anos, o programa Sorriso Legal leva palestras educativas, orientação, kits de higiene e exames a 10 escolas da rede municipal de ensino até setembro.

Esta semana, alunos da Emeb Joaquim Norberto de Toledo receberam kits com escova, creme dental, fio dental e folheto com orientações sobre a importância da alimentação saudável, da escovação após as refeições, técnicas de escovação e uso correto do fio dental, além da orientação profissional e aplicação de flúor. Até o final do programa, 3.600 kits serão entregues a todos os alunos entre 5 e 16 anos da rede municipal de ensino.

“É um trabalho muito importante de prevenção que tem como objetivo principal diminuir a incidência de cáries na população”, destaca o dentista André Berto Pinto, responsável pela saúde bucal no município. Ele conta também que até o final do projeto, todos os alunos serão examinados e em caso de necessidade de tratamento, os pais ou responsáveis são orientados a procurar uma unidade de saúde para atendimento.

Antes concentrado na UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro São Dimas, o atendimento de dentistas atualmente acontece também nos bairros Alpes das Águas, Santo Antonio, Dorothea e Bela São Pedro, aumentando a possibilidade de tratamento para a população de uma maneira geral.

Os atendimentos realizados pelos dentistas são na atenção básica e com horário marcado, mas há também atendimento de urgência realizado no Centro de Saúde Bucal. Em média, são realizados 1.200 atendimentos ao mês.

Além das consultas, os pacientes recebem orientações, repassadas por técnicos em higiene bucal, sobre a maneira correta da escovação. “O aumento do número de profissionais diminuiu consideravelmente a lista de espera por consultas”, disse o coordenador de saúde bucal.

REFORÇO – O vice-prefeito e diretor-presidente do Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro), Thiago Silva, acompanhou a entrega dos kits na Joaquim Norberto. “Esse trabalho de prevenção é fundamental. O Saaesp, que oferece água fluoretada para a população, medida que garante o aumento da resistência dos dentes e é recomendada pela Organização Mundial da Saúde, também ajuda a cumprir este papel”, destacou.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.