Programa Amo a Serra quer unir forças regionais em ações de combate a incêndios florestais

Os prefeitos Thiago Silva, de São Pedro; Josias Zani Neto, de Santa Maria da Serra e Rene José Blumer, de Torrinha, assinaram na terça-feira, 9, o protocolo de intenções do Programa Amo a Serra, que tem como principal objetivo minimizar os focos de incêndios florestais e suas principais conseqüências aos produtores rurais e à conservação da flora e fauna nativa nos limites dos municípios.

“Esse é um tema muito importante para combater uma situação que este ano se assemelhou a uma verdadeira guerra: os incêndios florestais. Vivenciamos na prática a importância da união, não apenas das Prefeituras, como da iniciativa privada, que mostrou muita sensibilidade ao oferecer apoio fundamental no combate às chamas”, destacou o prefeito Thiago Silva.

O evento, realizado na Secretaria de Turismo de São Pedro, teve início com um vídeo do jornalista Carlos Nascimento, idealizador do movimento Amo a Serra. “Não podemos perder um patrimônio tão importante como é a serra, a nossa moradia. Agora é hora de planejarmos ações para evitara devastação. Os frutos de parcerias realizadas estão começando a surgir e há mais por vir”, destacou Nascimento, que atualmente possui propriedade rural na divisa dos municípios de Santa Maria da Serra e Torrinha. Natural de Dois Córregos, Nascimento frequenta a região da serra desde os 11 anos, quando fazia viagens de trem.

“O combate aos incêndios florestais é uma luta que travamos anualmente contra a destruição de mananciais, flora e fauna. A sociedade precisa se organizar e reagir. Por isso é importante juntarmos forças e é um prazer essa somatória entre os municípios”, destacou o prefeito Rene Blumer.

O novo momento vivido pelas administrações municipais foi citado por Zani. “Os prefeitos estão engajados em medidas para o desenvolvimento da região e não apenas dos municípios. A criação da Região Metropolitana reforça a importância das parcerias, que sentimos na prática quando precisamos de apoio da Prefeitura de São Pedro para combater o fogo em Santa Maria” disse o prefeito. “São Pedro forneceu o que tinha de melhor: os equipamentos e a boa vontade”, destacou.

O documento assinado no evento cita a preocupação constante com as questões relacionadas aos incêndios florestais locais e regionais “que vem avassalando as áreas de reservas florestais naturais e até mesmo as produções agrícolas da região” como motivo de uma ação conjunta para unir esforços e mitigar os focos de incêndio.

O protocolo destaca também que a área dos municípios está localizada em importantes formações geológicas, denominado cuestas, caracterizada por paredões de arenito, com mata nativa em suas encostas. A área pertence a APA (Área de Proteção Ambiental) Corumbataí  - Botucatu – Tejupá e é de grande interesse natural e turístico para toda a região.

A ação integrada entre os municípios tem objetivo de controlar os focos de incêndio com rapidez e eficácia; criar um Plano de Contingência para incêndios florestas, realizar treinamentos de equipes voluntárias e brigadas de incêndio, além de buscar apoio e recursos financeiros e materiais para estruturação destas equipes.

Também acompanharam o evento os vice-prefeitos Roberto Miranda, de Santa Maria da Serra; Rose Vasselo, de Torrinha; os responsáveis pelo Meio Ambiente dos municípios, Rogério Bosqueiro Júnior (São Pedro), Alisangela Spigolon (Santa Maria da Serra) e Beatriz Savio (Torrinha); o coordenador da Defesa Civil de São Pedro, Rosivaldo Amaro, o sargento Gilberto Costa, do Corpo de Bombeiros, vereadores de São Pedro, Du Sorocaba, Branco e Índio, além do presidente da Acisp (Associação Comercial e Industrial de São Pedro), Ernesto Braganholo e outros integrantes da diretoria: Carlos Marques,  Messias Telles Ferreira Júnior e  Flávio Castellari e empresários como Marcelo Fávaro de Campos.

Publicado em: 10/11/2021 17:11

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.