Professora da rede municipal desenvolve jogo educativo para ensinar sobre história da cidade

Atividades de gameficação fazem parte do Currículo Municipal e da Base Nacional Comum Curricular

A professora Sandra Maria de Vasconcellos Baltieri, docente da rede municipal de ensino, desenvolveu jogo educativo para ensinar aos alunos dos quintos anos da Emeb. Prof. Joaquim Norberto de Toledo a história da cidade. O nome do jogo é Um Giro por São Pedro e consiste em um tabuleiro com o mapa do município. Os alunos, utilizando peças, avançam o percurso do mapa conforme acertam os questionamentos durante a brincadeira.

As principais fontes de pesquisa para a criação do jogo, segundo a professora Sandra, foram as obras Conto, Canto e Encanto com minha História: São Pedro e A História da Nossa Cidade – São Pedro – SP, que tem como autoras a supervisora de ensino Maria Aparecida Fracasse de Barros e a professora Maria do Carmo Mendes de Andrade e Souza (im memoriam), além do livro Poesias Completas de Gustavo Teixeira.

De acordo com Sandra, utilizar estratégias diferentes para a aprendizagem na escola, como atividades de gameficação, fazem parte do Currículo Municipal e da BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

“Os alunos receberam muito bem a ideia do jogo, pela proposta ser lúdica, interativa e colaborativa. Percebo que esse tipo de estratégia aproxima melhor os alunos das habilidades que queremos desenvolver, tanto no aspecto da construção do conhecimento quanto da socialização, complementando outros materiais e recursos mais comumente utilizados”, comentou a professora.

O JOGO - Antes de participarem do jogo, os alunos estudam a história do município, suas características geográficas, lendas e curiosidades. O jogo é composto por um tabuleiro que ilustra o mapa territorial de São Pedro, sobre o qual existe um percurso formado por casas de cores diferentes. Os jogadores avançam de acordo com o número que tiram ao jogar um dado. A casa amarela significa que o jogador deve pegar uma "carta de pergunta" sobre a história do município, lendas e "causos", personagens ilustres e informações do cotidiano da cidade. Na própria carta consta o que o jogador deve fazer caso acerte ou erre a resposta. A casa laranja indica a retirada de uma carta de curiosidade, para que se faça a leitura da informação para os demais participantes. E após a leitura há uma recompensa. Em algumas cartas de perguntas, os alunos trabalham com um mapa do município, investigando a localização de pontos importantes, tanto turísticos quanto do dia a dia do morador. A procura por esses locais no mapa pode ser colaborativa, envolvendo todos os jogadores. O objetivo é ser o primeiro a percorrer todo o tabuleiro.

“Nosso intuito na rede municipal de ensino sempre é trabalhar a cooperação, a construção do conhecimento e a resolução de problemas de forma lúdica, portanto, o jogo vai ao encontro dessas premissas, pois visa aprofundar o conhecimento dos alunos sobre a história do município”, falou a secretária de Educação, Samanta Almozara.

Publicado em: 25/02/2022 17:52

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.