Primeira dama reabre Fundo Social

Carmem Lúcia Zanatta é a presidente do Fundo Social
Carmem Lúcia Zanatta é a presidente do Fundo Social

Dona de casa, mãe de quatro filhos, companheira de uma tia de 76 anos, e esposa de um prefeito. Assim se define a tímida e discreta Carmem Lúcia Aparecida Passareli Zanatta, de 53 anos, que acaba de assumir um posto que há muitos anos não era dirigido por uma primeira dama em São Pedro, o de presidente do Fundo Social de Solidariedade.

Nascida e criada na estância, Carmem Lúcia, que estudou no antigo Ginásio Gustavo Teixeira, na Escola Estadual José Abílio de Paula (Jap), disse que aos 22 anos, logo que se formou em contabilidade, casou e foi morar em Charqueada, “era uma moça simples, de família pobre e desconhecida”.

Casada há quase 23 anos, a esposa do prefeito Helinho Zanatta fala que administra cada minuto do seu dia para cuidar da casa, do marido e dos filhos Daniel Henrique (22), Maria Thereza (18), Helio Zanatta Júnior (14) e Luis Fernando (13). “Não é fácil. Eu lavo, passo, cozinho, levo e busco os meninos na escola, e ainda estou aprendendo a ser mulher do prefeito de São Pedro”, brinca a primeira dama.

Sobre seu retorno à estância, Carmem conta que ainda está um pouco assustada com a popularidade do marido. “Tem gente que chega perto e pergunta se eu sou a esposa do Helinho. Penso que há 23 anos eu sai de São Pedro como uma pessoa desconhecida. Agora eu retornei como a primeira dama de um prefeito que foi eleito com 71% dos votos. É realmente uma grande mudança na vida da minha família e de toda cidade”.

DESAFIOS. Com tantos afazeres, Carmem Lúcia disse que faz questão de trabalhar no Fundo Social de Solidariedade. Depois de pelo menos seis meses desativado, o espaço, que fica na rua Marieta de Toledo Mendes, 264, bairro Nova Estância, passou por uma grande e notável revitalização.

“Encontramos esse local completamente abandonado, sujo e rodeado de mato. Os móveis e utensílios estavam espalhados por diversos setores. As roupas e sapatos do bazar estavam sujos, em sacos de lixo”, comentou.

Graças ao apoio de alguns funcionários e também voluntários da cidade, a presidente do Fundo conseguiu em poucas semanas revitalizar o prédio e retornar com algumas atividades.

“Vamos reabrir com o bazar. Depois de tudo lavado, separado e contabilizado, descobrimos centenas de peças de roupas, sapatos, bolsas e bijouterias que foram doadas pela comunidade. Os cursos virão conforme à demanda, por isso é importante a visita das pessoas no espaço”.

Mesmo tendo desenvolvimento o trabalho em Charqueada por oito anos – período em que Helinho Zanatta foi prefeito na cidade – Carmem garante que os desafios são maiores. “Por ter mais habitantes, São Pedro tem mais problemas sociais que Charqueada. Mas eu garanto que estou disposta a assumir essa responsabilidade em representar esse elo nessa corrente de solidariedade em prol da comunidade”.

SERVIÇOS. O Fundo Social de Solidariedade de São Pedro fica na rua Marieta de Toledo Mendes, 264, bairro Nova Estância. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas. Mais informações pelo (19) 3481-3684.

A primeira dama com os voluntários reabrem o bazar
A primeira dama com os voluntários reabrem o bazar

 

Publicado em: 02/02/2013 14:44

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.