Presidente do Tribunal de Justiça instala 2ª Vara em São Pedro

[caption id="attachment_7761" align="alignnone" width="300"]1 Prefeito Helinho Zanatta na solenidade realizada no Fórum[/caption] [caption id="attachment_7762" align="alignnone" width="300"]2 Descerramento da placa na instalação da 2ª Vara de Justiça de São Pedro[/caption] [caption id="attachment_7764" align="alignnone" width="300"]4 Prefeito Helinho Zanatta, juíza Letícia Brüning, desembargador José Renato Nalini e juiz Rodrigo Pinati da Silva[/caption] [caption id="attachment_7765" align="alignnone" width="300"]6 Presidente da Câmara, Alex Siloto, juiz Rodrigo Pinati da Silva, prefeito Helinho Zanatta e vice-prefeito Thiago Silva[/caption]       “Todos os dias o presidente tem que fazer escolhas de Sofia. São Pedro deveria agradecer ao padroeiro por ter garantido a instalação desta 2ª Vara da Justiça”, disse, em tom descontraído, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador José Renato Nalini, na manhã desta sexta-feira em solenidade realizada no Fórum de São Pedro. Criada em 2000, assim como outras divisões do Judiciário que ainda não saíram do papel, a 2ª Vara vai garantir maior agilidade na tramitação dos 34 mil processos protocolados atualmente no Judiciário da cidade. Para o prefeito Helinho Zanatta, a instalação representa “um momento ímpar ” na história de São Pedro , além de demonstração de  coragem em um momento de dificuldade financeira. “É motivo de muito orgulho participar deste momento que exige criatividade para enfrentar a crise”, disse a uma plateia formada por oito juízes de Piracicaba, pela juíza Cintia Carreta, diretora do Fórum de Rio Claro, pelo desembargador Achile Alesina Júnior, pela promotora de São Pedro, Cintia Marangoni , outros representantes do Ministério Publico e da  Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), outras autoridades do Judiciário, além do prefeito de Santa Maria da Serra, Josias Zani Neto, vereadores de São Pedro , Águas de São Pedro e Santa Maria da Serra e  advogados. O desembargador  destacou também o grande número de processos hoje em tramitação no país. “O excesso de processos é sinal de enfermidade da população”. Nalini defende a necessidade de conscientização da sociedade e busca por soluções  que deixem a população menos “infantilizada”. “Para muitas demandas utiliza-se hoje o juízo”, disse, ressaltando que muitas das questões levadas ao Judiciário poderiam ser resolvidas em boas conversas e em centros de conciliação. MUDANÇAS - Outro ponto destacado por Nalini é o processo de informatização do Judiciário, que até janeiro de 2016 vai abolir toda a tramitação em papel. “Vamos usar cada vez mais as tecnologias disponíveis e aproveitar mais as potencialidades dos servidores, que devem estar prontos para novas aptidões”, afirmou. “Como disse o prefeito, a palavra de ordem é criatividade. Ou nos renovamos ou vamos perecer”. A eficiência do Judiciário foi abordada pelo desembargador. “A Justiça, que permaneceu autista por muito tempo, precisa ser eficiente. É preciso mudar a formação jurídica e deixar a Justiça para questões complexas”, sugeriu. EMPENHO – Toda a dedicação da juíza Letícia Assis Brüning para a instalação da 2ª Vara foi destacada nas falas da solenidade de instalação. O presidente da OAB de São Pedro, Luis Antonio Claret Olivieri, disse que a juíza “não mediu esforços para que este sonho se tornasse realidade”. Ao dizer que sentia grande orgulho de participar deste momento histórico de São Pedro, a juíza lembrou que antes de começar a atuar em São Pedro, foi informada que a cidade tinha um grande número de processos e estrutura que não era a ideal . “Não poderia ter escolhido Comarca melhor. Encontrei muitos funcionários dispostos a mudar a realidade do Fórum”.  Ela agradeceu também o empenho dos juízes de Piracicaba – Marcos Douglas Balbino da Silva, Rogério Sartori Stolf, Rogério Pierre de Toledo, Lourenço Carmelo Torres, Mauro Antonini, Ettore Geraldo Avolio, Wander Pereira Rossete Júnior e Maurício Habice – que organizaram uma força-tarefa para agilizar a tramitação dos processos de São Pedro. Os elogios ao empenho da juíza chamaram a atenção do desembargador. “Isso é música para meus ouvidos. Mostra que justiça feita com amor e paixão é mais eficiente”, disse NOVOS DESAFIOS – Nascido em  Santópolis  do Aguapeí, município na região de Araçatuba com  aproximadamente 4.000 habitantes, o juiz  Rodrigo Pinati da Silva, 28, será o titular da 2ª Vara de Justiça de São Pedro. Desde 13 de julho na cidade, ele conta que a expectativa “é a melhor possível”. “Foi uma boa escolha. Encontrei funcionários empenhados e advogados combativos”.    
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.