Prefeito Helinho Zanatta é eleito 2º vice-presidente da Ares-PCJ

arespcj3arespcj1arespcj2   O prefeito Helinho Zanatta foi eleito na quinta-feira, dia 12, o 2º vice-presidente da Ares-PCJ (Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí). A eleição aconteceu em Americana, na 8ª Assembleia geral ordinária da entidade que congrega aproximadamente 50 municípios. “Fomos convidados a participar e considero importante para São Pedro esta representação na Ares-PCJ. O município faz parte da Agência desde 2013 e a atuação deste órgão permite acompanhar com mais detalhes, tanto em nível estadual como nacional,  todas as questões relacionadas à crise hídrica e outros assuntos ligados ao saneamento básico”, disse o prefeito ao comentar as perspectivas do cargo para o qual foi eleito. Os objetivos da Ares-PCJ estão voltados para a regulação e fiscalização dos serviços públicos de saneamento básico, através da gestão associada de serviços públicos, nos municípios associados;  acompanhamento do cumprimento dos planos de saneamento básico; fixação, reajuste e revisão dos valores das taxas, tarifas e preços públicos dos serviços de saneamento básico; homologação, regulação e fiscalização dos contratos de prestação de serviços públicos de saneamento básico, edição de normas e regras, além de outras funções. Também foram aclamados para os cargos de presidente da entidade o prefeito de Cosmópolis, Antonio Fernandes Neto, e de primeiro vice-presidente o prefeito de Valinhos, Clayton Machado. O presidente do Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro), Sérgio Patricio, participou da reunião em Americana, que abordou, entre outros temas, o programa anual de trabalho da Ares-PCJ para 2015. A nova Diretoria Executiva da Ares-PCJ assume o mandato de dois anos em abril. Entre os assuntos mais discutidos na reunião esteve o equilíbrio econômico-financeiro dos prestadores dos serviços de saneamento. A Agência Reguladora PCJ ressaltou que a crise hídrica e a redução no consumo de água tem ocasionado perda de receitas financeiras. Isso ocorre ao mesmo tempo em que há aumento nos custos operacionais, devido a alta nos insumos como a energia elétrica, reajustada em todo o país, e produtos químicos, que variam em função do dólar e são necessários em maior quantidade devido à qualidade da água nos mananciais. Assim, a Diretoria Executiva da Ares-PCJ alertou aos prefeitos sobre os estudos que realiza para o diagnóstico da situação, e que pode haver impacto direto nas tarifas de água e esgoto nos próximos meses. O ex-prefeito de Atibaia, José Bernardo Denig, primeiro presidente da Ares-PCJ (Gestão 2011/2012) e o prefeito de Corumbataí e atual presidente, Vicente Rigitano (Gestão 2013/2015), receberam homenagens. Vicente Rigitano, cujo mandato de presidente se encerra no próximo dia 31 de março, agradeceu emocionado o apoio recebido nesse período de consolidação da Agência. Já Antonio Fernandes Neto, prefeito de Cosmópolis e presidente eleito da Ares-PCJ, agradeceu o apoio para a continuidade do trabalho e ressaltou que o próximo desafio da entidade será a regulação dos resíduos sólidos urbanos.  
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.