Polo da Univesp em São Pedro é inaugurado

A oportunidade que os 150 alunos da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) aprovados para o polo São Pedro terão de mudar a sua própria realidade e como consequência, a realidade ao seu redor, foi o tom principal das falas feitas nesta segunda-feira, 26, na aula inaugural do polo da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) em São Pedro, atividade que marcou o início oficial das atividades da instituição.

“A base de tudo é a educação. Quando ela melhora, o país melhora”, disse o prefeito Helinho Zanatta, que recomendou aos alunos persistência e perseverança para cumprir todas as etapas dos cursos oferecidos em São Pedro: Pedagogia, Tecnologia em Gestão Pública e Engenharia da Computação. “Sejam firmes e aproveitem esta oportunidade”, ressaltou.

A cerimônia, acompanhada também pelo vice-prefeito Thiago Silva, deputado federal Luiz Lauro Filho; Carlinhos Folha, que representou o deputado estadual Chico Sardelli, 10 vereadores, secretários municipais e 150 alunos dos cursos, aconteceu na Emeb Benedito Modesto de Paula, local em que o polo vai funcionar.

Lauro Filho citou pesquisa que aponta dificuldades econômicas como principal impeditivo para 70% dos estudantes do ensino médio ingressarem em uma faculdade. “A Univesp é a primeira universidade virtual pública gratuita e essa é uma conquista muito importante, que garante a realização de muitos sonhos”, disse.

Para o vice-prefeito Thiago Silva, este é um importante legado na área educacional do município. “É um sonho antigo que se transforma em realidade. As pessoas devem aproveitar ao máximo esta oportunidade oferecida graças à parceria da Prefeitura e do governo estadual”.

Ao falar em nome do Legislativo, o presidente Antonio Toledo, o Toninho da Sorveteria, também enfatizou a instalação da universidade no município. “Muito nos orgulha participar desta solenidade que significa uma conquista de muitos anos”, disse. Participaram do evento os vereadores Cássio Capellari, Joyce Benevides, Adriano Vitor, Robinho, Gilberto Vieira, Luiz Melado, Branco, Du Sorocaba e Giuliano Antonelli.

TRABALHO EM EQUIPE – A secretária municipal de Educação Cléia Rivero, destacou o trabalho feito por várias secretarias para que todas as exigências da instalação do polo fossem cumpridas a tempo. “Agradeço a todos que colaboraram conosco”, disse, recomendando aos alunos que sejam persistentes. “O bom êxito de cada um depende do empenho e vocês tem oportunidade de fazer um curso superior de qualidade”, afirmou.

 UNIVESP – Criada em 2012 com o propósito de colocar a tecnologia a serviço da educação e contribuir com a universalização da excelência do ensino superior no Brasil, a Univesp fez seu primeiro vestibular em 2014, com oferta de 3.330 vagas.  Em 2018, serão aproximadamente 40 mil estudantes matriculados nos 242 polos da instituição vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação e que tem como professores docentes de instituições como USP, Unicamp, Unesp e Fatec.

Para sediar o polo, a Prefeitura de São Pedro investiu em reformas e compra de equipamentos, como 50 computadores, para que os alunos possam realizar atividades presenciais, como avaliações e trabalhos em grupo no local.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.