Onça-parda é retirada de casa no bairro Nova São Pedro II

Já pensou o susto de encontrar uma onça parda dentro de casa? Foi o que aconteceu com uma família do bairro Nova São Pedro II na segunda-feira, dia 19. 

 

A primeira a ver o animal, por volta das 10h, foi a adolescente de 15 anos que mora com os pais na casa. Depois de chamar o pai, a família se deu conta de que o animal era uma onça que entrou no box do banheiro da residência.

 

O primeiro contato da família foi com o Corpo de Bombeiros, que procurou o veterinário da Prefeitura de São Pedro, Matheus Murbach. Por não disponibilizar de equipamentos adequados para este atendimento, o veterinário entrou em contato com o Zoológico de Piracicaba.

 

A equipe do Zoológico Municipal de Piracicaba, formada pela veterinária Camilla Xavier Mendes, pela bióloga Paula Cendrowicz Matias e pelo tratador Fernando Silva veio a São Pedro para fazer a captura.

 

Segundo a equipe, o animal, uma fêmea adulta de onça parda (Puma concolor), aparentemente saudável, foi resgatada com o uso de um dardo anestésico e, depois de acordado, foi solto em um local seguro de mata com o auxílio do veterinário Matheus Murbach.

 

CAUSAS – As “visitas” de animais silvestres não são mais tão raras. Em Piracicaba, no dia 15 de junho deste ano, uma onça-parda também foi capturada no bairro Cantagalo e no início de outubro, moradores do bairro Água Seca receberam a visita de um lobo guará.

 

São vários os motivos que podem ter levado os animais para a área urbana. De acordo com a veterinária do Zoológico de Piracicaba, tanto as onças quanto o lobo-guará são animais de hábitos silvestres que estavam longe de seu habitat natural, provavelmente em busca de alimento para sua sobrevivência.

 

Publicado em: 19/10/2021 15:40

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.