Oficinas do Mais Educação realizadas no Nape São Dimas atendem 500 alunos

[caption id="attachment_7545" align="alignnone" width="300"]Artesanato Popularnape_ Oficina de artesanato popular[/caption] [caption id="attachment_7546" align="alignnone" width="300"]Dança_nape Oficina de dança[/caption] [caption id="attachment_7547" align="alignnone" width="300"]Pinturanape Oficina de pintura[/caption] [caption id="attachment_7548" align="alignnone" width="300"]pinturanape2 Oficina de pintura[/caption] [caption id="attachment_7549" align="alignnone" width="300"]Capoeiranape Oficina de capoeira[/caption] [caption id="attachment_7550" align="alignnone" width="300"]lanchenape Lanche[/caption] [caption id="attachment_7551" align="alignnone" width="300"]Técnicas Circenses _ Oficina de técnicas circenses[/caption] [caption id="attachment_7552" align="alignnone" width="300"]Música_ Oficina de música[/caption]   Desde a implantação do programa Mais Educação, que oferece educação em tempo integral a  alunos da rede municipal de ensino, aproximadamente 500 estudantes de cinco escolas municipais – Joaquim Norberto de Toledo, Maria Angelina Leão Ferreira dos Santos, Guido Dante, Gustavo Teixeira e Abdala Rahal Farhat Neto – estão usando a estrutura do Nape (Núcelo de Apoio Pedagógico) São Dimas. O prédio que antes abrigava o projeto Criança Esperança foi reformado e hoje tem estrutura adequada para realizar as oficinas no contraturno das aulas. Há turmas de artesanato popular, pintura, capoeira, dança, circo e música. As aulas de dança acontecem em sala própria equipada com piso de vinil, espelho, barras e som. Para as aulas de circo também há profissional capacitado e o todo material necessário, assim como nas aulas de pintura e de artesanato popular. Para as aulas de música, os alunos desenvolvem atividades com violão. Como as atividades realizadas no Nape ocorrem sempre no contraturno das aulas, as crianças e adolescentes recebem o lanche no local, já que o café da manhã e o almoço são oferecidos nas unidades escolares. O transporte escolar também foi organizado para atender todas as turmas. A Secretaria da Educação montou uma escala de motoristas e monitores para acompanhar o translado das crianças das respectivas unidades escolares até o Nape. De acordo com o Manual para Implantação do Programa Mais Educação, cada turma das oficinas realizadas deverá ser formada por até 30 alunos para cada monitor. Em São Pedro, as turmas não atingiram este número máximo e cada monitor apresenta a experiência ou técnica necessária ao desempenho das atividades exigidas pelas oficinas, conforme orientação do MEC (Ministério da Educação). Apenas as oficinas de apoio pedagógico apresentam a necessidade de um pedagogo ou alguém em via de se formar nesta área. Estas atividades acontecem nas unidades escolares sob supervisão de um coordenador pedagógico e apoio do professor titular de cada turma. OFICINAS – Outra regra estabelecida no Programa Mais Educação é que cada diretor, de acordo com o interesse manifestado pela maioria dos alunos de sua unidade escolar, defina áreas para serem trabalhadas as oficinas. E assim foi feito, após conversas com os alunos, as escolas apontaram as oficinas preferidas pela maioria dos alunos. O objetivo do programa com as oficinas é despertar nos alunos o gosto e acesso à cultura, ao esporte, aos direitos humanos e desenvolvimento social, de maneira a proporcionar uma formação integral, capaz de colaborar para sua atuação como cidadãos críticos e atuantes no espaço social onde estão inseridos. Podem participar do Programa Mais Educação alunos que recebem o Bolsa Família, os que apresentam baixo rendimento escolar e os que estão em situação de vulnerabilidade social. Caso haja vagas após a observação destes critérios, outros pais que demonstraram interesse no programa podem matricular seus filhos. A Secretaria Municipal de Educação acompanha toda a implantação do projeto cuidadosamente planejado. A necessidade de alguns ajustes, como todo novo projeto, já era esperada, mas todas as medidas foram tomadas para sanar eventuais necessidades.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.