Novembro Azul também terá iluminação especial no Cristo e na Câmara

NOVEMBRO AZUL   Assim como no Outubro Rosa, ações são para conscientização sobre a importância da prevenção do câncer de próstata   “Eu não sou só próstata, eu sou homem”, foi a frase de um homem de 37 anos, residente em comunidade de baixa renda de São Paulo, escolhida em material recebido em encontro nacional de coordenadores da política da saúde do homem na busca de subsidiar interlocutores regionais para destacar sobre o Novembro Azul.   Agora, depois do Cristo e da Câmara Municipal receberem luzes rosa em prol da campanha contra o câncer de mama, chegou o momento de destacar o Novembro Azul, mês que conscientiza os homens a fazer o exame de prevenção do câncer de próstata. Luzes azuis serão colocadas simbolicamente depois de uma caminhada no dia 14, com concentração às 8h30, na Feira do Produtor, em frente à Coordenadoria de Trânsito.   A atividade, realizada em conjunto entre as secretarias de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer; Educação e Saúde, objetiva, principalmente, as recomendações do Ministério da Saúde. “As ações devem acontecer sempre e de forma permanente, garantindo acesso e acolhimento adequado, priorizando a Atenção Básica como porta de entrada. E nós em São Pedro estamos seguindo um planejamento da administração do prefeito Helinho Zanatta, de descentralização da saúde, o que colabora para prevenir essa e outras doenças”, destacou Gislene Nicolau dos Santos, coordenadora da Vigilância em Saúde.   Denise Rangel Sant’Ana, da Divisão de Detecção Precoce e Apoio de Organização à Rede, e da Coordenação de Prevenção e Vigilância do Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva, destacou em outubro em encontro nacional de saúde do homem sobre o câncer de próstata. “Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou a noite). Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal”, destacou.   De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de próstata é a segunda maior incidência mundial e o primeiro no Brasil dentre os homens. Em caso de óbito no país, é a segunda maior entre os homens, sendo 14 mortes em 100 mil homens com a doença. Mesmo assim, é maior entre os idosos acima de 69 anos, com uma incidência de óbito de 90%, e de 13% entre homens de 20 a 59 anos.  
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.