Música in Natura transforma Maria Angélica em cenário de aula diferenciada

Cores, formas e sons mudaram a paisagem do Parque Maria Angélica nesta  sexta-feira, dia 29, deixando o tradicional cartão postal da cidade ainda mais bonito. Música in Natura, evento do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Instituto Lumiar-te, com apoio da Prefeitura de São Pedro, por meio da Coordenadoria de Cultura levou ao local música, comida natural, decoração campestre, bate-papo ambiental e brincadeiras.

O bate-papo ambiental foi conduzido por André Kolya, geólogo da Unesp, que falou sobre a geodiversidade e o do projeto de criação do Geoparque do Corumbataí, um modelo de desenvolvimento sustentável regional que promove o respeito ao meio ambiente e preserva o patrimônio geológico para futuras gerações.

“A proposta destes encontros é fazer a sensibilização das pessoas para este tema. Um estudo que fiz mostra que a região da bacia do rio Corumbataí tem 170 pontos de interesse, nem todos tem estrutura, mas há muita coisa que pode ser feita para atrelar informação educativa a estas visitas”, destaca André.

O tema agradou as alunas do 9º ano da Emeb Gustavo Teixeira, Emanuelly de Oliveira Jacunas e Milena Ferreira da Cruz. “Todos deveriam ter acesso a atividades como essa”, foi bem legal”, disse Milena. “Foi incrível. Me interessei bastante pelo tema”, afirmou Emanuely.

Outra atração do evento foi a apresentação musical do Quarteto de sopros formado por Jessé Eduardo, Zezé Francisco, Evelyn Karoline e Jessé Jr.

Após as apresentações, os estudantes e outros participantes do evento tomaram café da manhã com frutas, sucos e outros produtos naturais.

   

   

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.