Maltratar animais é crime e dá multa

São Pedro faz nova redação de lei que também é estadual e federal; denúncia deve ser preenchida pessoalmente

Depois de três meses da nova redação ao artigo 182 da Lei Complementar nº 78/2012, que dispõe sobre maus tratos a animais no “Código de Postura” de São Pedro, já ocorreram duas denúncias formais no Departamento de Endemias da Secretaria de Saúde e Desenvolvimento Social.

“É importante dizer que para fazer a reclamação de maus tratos é necessário preencher um formulário. Nossa equipe irá fiscalizar e averiguar se é ou não maus tratos. Se for comprovado, o denunciado poderá ser multado, já que a ação é crime”, destacou Matheus Murbach, veterinário responsável da Prefeitura de São Pedro.

A nova redação da Lei Municipal foi alterada após proposta do vereador Robinho Pedrosa, na Câmara Municipal, e sancionada pelo prefeito Helinho Zanatta. Maus tratos a animais já é crime em âmbito estadual e federal.

Dentre maus tratos mais comuns estão manter animal sem água, alimentação e cuidados necessários ao seu bem-estar, manter o animal em confinamento, acorrentado ou em alojamento inadequado, abandonar animais sadios ou doentes e não prover assistência veterinária.

O governo estadual tem um setor de investigações quando há denúncias diretamente para a polícia. Trata-se da Delegacia Especializada em Proteção Animal (DEPA), que pode ser acessada pelo endereço eletrônico http://www.ssp.sp.gov.br/depa . Também é possível fazer denúncia em qualquer delegacia.

Em São Pedro, quem quiser denunciar maus tratos a animais, deverá comparecer pessoalmente à Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social munido de documento com foto.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.