Mais de 120 km em linha reta são iluminados

[caption id="attachment_7735" align="alignnone" width="300"]Alpes das Águas Iluminação no Alpes das Águas[/caption] [caption id="attachment_7736" align="alignnone" width="300"]Estrada do Thermas Estrada do Thermas iluminada[/caption] [caption id="attachment_7737" align="alignnone" width="300"]Limoeiro Iluminação no bairro Limoeiro[/caption] [caption id="attachment_7738" align="alignnone" width="300"]Nova Aurora Bairro Nova Aurora também recebeu iluminação[/caption] [caption id="attachment_7739" align="alignnone" width="300"]Vertentes Vertentes após a instalação dos braços de luz[/caption]   Se todos os braços de luz instalados nos últimos nove meses em São Pedro fossem colocados um ao lado do outro, em uma distância aproximada de 30 metros entre eles, hoje a Estância teria mais de 120 km de iluminação pública nova já instalada em diversos bairros, uma distância que equivale ao trajeto entre São Pedro e Campinas.   Uma das maiores modificações percebidas com a nova iluminação pública é no bairro Alpes das Águas, garantindo melhorias no cotidiano dos moradores e na segurança do bairro. Os bairros Floresta Escura I e II, além da estrada do Thermas, juntos, tiveram mais de 300 braços implantados.  A ação foi realizada pela Prefeitura de São Pedro através do programa “Luz Para São Pedro”, o maior projeto de iluminação pública já implantado no município com a parceria da CPFL.   “Com o pagamento de todas as dívidas herdadas de outras administrações pela gestão do prefeito Helinho Zanatta, a empresa conseguiu fazer uma parceria de qualidade e que transformou a cidade de São Pedro em uma das mais iluminadas da região de Piracicaba”, garantiu Fábio de Camargo, consultor de negócios da CPFL Energia.   Representando aumento de mais de 60% em relação ao número de pontos já existentes, o investimento passou dos R$ 2 milhões, pagos com recursos próprios da Prefeitura de São Pedro. “Este investimento não trouxe nenhum custo extra para a população, principalmente dos bairros atendidos, que já pagavam taxa de iluminação pública mesmo não usufruindo do recurso, o que garante mais segurança e diminuição da criminalidade, além do favorecimento ao turismo, comércio e lazer noturno, que correspondem à imagem da cidade e seu desenvolvimento social e econômico”, destacou o prefeito Helinho Zanatta.   Devanir Mantuani Junior, gerente de relacionamento do poder público da CPFL, afirmou que são poucos os municípios que tem um projeto deste porte, que transformou o município num local mais bonito, mais seguro e com uso eficiente e sustentável de energia, já que as lâmpadas instaladas são de 150 watts, consideradas de grande poder de iluminação.   “Para definir os pontos de instalações, fizemos um projeto pensando não apenas locais onde há casas, mas também, onde há terrenos, estimulando a criação de loteamentos ou novas construções. O benefício é imenso e que também valoriza as propriedades dos bairros”, reforçou Zanatta.   Além do Alpes, Floresta Escura I e II, e Estrada do Thermas, os bairros beneficiados são: Águas Claras, Cachoeira Samambaia, Camargo I e II, Chácaras ABC, Limoeiro, Nova Aurora, Paraíso das Águas, Portal da Serra, Chácaras São Paulo, Colinas de São Pedro, Estância Acapulco, Estância Água Mineral, Giocondo, Prainha, Jardim Primavera, Mirante, Nova São Pedro II, Recanto dos reis, Santa Eulina, Santa Rosa, Sulfurópolis, Sítio Boa Vista e Vertentes das Águas.   NOVOS PROJETOS – A Prefeitura de São Pedro já iniciou um levantamento de novos locais que ainda não tem iluminação pública para avaliação de custos para nova parceria com a CPFL. A intenção da administração atual é levar a iluminação pública para todas as ruas, para assim, iniciar outro projeto que será a troca das atuais lâmpadas de 100 watts pelas de 150.  
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.