Equipe do Busca Ativa visitou 1.200 famílias

imagemG_3763_2809 Em São Pedro, de 20 de julho a 20 de agosto, profissionais da Secretaria de Saúde e Desenvolvimento Social visitaram 1.208 famílias de diversos bairros da cidade. O trabalho faz parte da etapa chamada de Busca Ativa do Programa São Paulo Solidário, do governo do Estado. De acordo com a assistente social e gestora do projeto, Ana Cecília Martinez, apenas 23 visitas não foram completadas por falta de documentação dos moradores. “Apesar do frio e da garoa na primeira semana de trabalho, atingimos nossa meta e conseguimos completar 1.186 visitas nos bairros da zona urbana e também rural”, explicou Ana Cecília, ao ressaltar que os questionamentos vão desde a renda financeira até nível de escolaridade, habitação, condições de saúde e de higiene da residência. Com o resultado do material coletado pelas visitadoras Eliandalva Carvalho Oliveira, Deise Barros, Valquíria Marques, Vanessa Mendes, e da analista de sistema, Valéria Dante, o governo pretende dar mais clareza aos indicadores e referências sobre a pobreza e ausência de renda entre as famílias brasileiras. O trabalho também foi acompanhado pela coordenadora de Desenvolvimento Social, Adriana Mariano. Atualmente, São Pedro conta com cerca de 1.000 famílias que recebem o benefício do programa Bolsa Família. Entretanto, mais de 2.000 estão cadastradas à espera de algum tipo de ajuda financeira. “Encontramos locais com até 14 pessoas morando dentro da mesma casa. Muitas mulheres vivendo sem marido e com até cinco filhos pequenos para cuidar”, relatou a visitadora Eliandalva Carvalho Oliveira. Sobre o questionário baseado no Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), a assistente social disse que os dados serão usados pela Fundap (Fundação do Desenvolvimento Administrativo), que irá realizar um retrato social de São Pedro. “Para entender um pouco sobre esse índice de pobreza multidimensional, cito exemplos de famílias que tem uma renda de até R$ 2 mil, mas com casos de analfabetismo, problemas sérios de saúde e de higiene dentro da casa”, disse, ao frisar que a população mais carente está concentrada no bairro São Dimas. Locais como Theodoro de Souza Barros (Terra Prometida), Horto Florestal e São Tomé também se destacaram na ação do Busca Ativa.

Publicado em: 02/09/2013 09:59

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.