Empresários doam equipamentos para Santa Casa

imagemG_3580_2685 Nessa quinta-feira, 16, a empresa Porto de Areia São Pedro doou cerca de R$ 21 mil em equipamento hospitalar para Santa Casa de São Pedro. Representados pelo vereador e sócio Luiz Azzini, os empresários Antonio Carlos Teixeira Bertato (Cal), José Onival Saia (Pico) e Carlos Reinaldo Momesso (Pilo), deram para o Hospital dois cardioscópios e dois carrinhos de limpeza completos. De acordo com a secretária de Saúde e Desenvolvimento Social, Miriam de Souza Silva, os aparelhos vão incrementar as ações no Posto de Atendimento e também na sala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Além de inspecionar visualmente o interior do coração, o cardioscópio permite a observação eletrocardiográfica contínua da ação durante uma operação”, disse, sobre o aparelho que também mede a temperatura e a pressão do paciente durante o procedimento. Sobre os carrinhos, além de facilitar a limpeza do local, a administradora da Santa Casa, Cecília Teixeira, explicou que o equipamento permite com que o trabalho seja feito de forma correta. “No início do ano, quando assumimos essa administração, descobrimos que a limpeza é feita com mangueiras. Dentro de um hospital, temos que evitar qualquer tipo de contaminação. Agora, com os carrinhos, o trabalho será mais eficiente e seguro”, declarou Cecília. Preocupado com a situação financeira da Santa Casa, o vereador Luiz Azzini sugeriu uma mobilização entre os empresários do município para melhorar a infraestrutura e equipar a unidade. “É praticamente impossível que a Prefeitura pague 100% dos gastos da Santa Casa. Qualquer pessoa sabe que não há verba para isso. Assim como nós (do Porto de Areia São Pedro) viemos questionar quais são as prioridades, outros empresários também podem colaborar, já que a Santa Casa é usada por todos”, ressaltou o empresário. Conforme a secretária, somente no mês passado, a Prefeitura pagou cerca de R$ 110 mil de salário dos funcionários e cerca de R$ 190 mil com a folha de pagamento dos médicos. “Para buscar novos recursos, estamos reformando uma ala de 12 apartamentos – que estava abandonada – e iremos propor parcerias com entidade particulares, como a Unimed”. Sobre os procedimentos no Pronto Socorro, Miriam informou que 4.921 pessoas foram atendidas em janeiro, 4.668 em fevereiro, 5.111 em março e 5.370 em abril. “Atualmente nosso corpo clínico conta com 12 profissionais, entre clínicos gerais, pediatras, cardiologistas, cirurgiões, ortopedista, vascular, ginecologista, anestesista e obstetra. Mas, ainda estamos com dificuldade em contratar mais pediatras e ginecologista”, explicou Miriam.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.