Dorothea e Bela São Pedro terão UBSs

Investimento na construção de duas unidades e reforma de outras quatro deve chegar a R$ 1,5 milhão

 

A Prefeitura de São Pedro vai construir mais duas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), uma no bairro  Dorothea e outro no Bela São Pedro. A licitação já está em andamento e a previsão é que as novas unidades entrem em funcionamento em 2015.  A construção reforça o investimento na parte estrutural da saúde, já que outras quatro unidades – PSF Alpes das Águas, UBS Santo Antonio, Centro de Saúde Bucal e ESF São Dimas – estão em reforma. O investimento total, consideradas as construções e as reformas, deve chegar a R$ 1,4 milhão.

A construção das duas UBSs atende à proposta de descentralização da atenção básica da saúde, medida prevista no plano de governo do prefeito Helinho Zanatta e um dos itens apontados como prioridade na IV Conferência Municipal da Saúde, realizada no dia 24 de maio após cinco pré-conferências ocorridas em vários bairros e regiões.  Com o tema “Atenção Básica Organizada = Saúde Forte”, a proposta dos encontros foi envolver a sociedade em ações que a Saúde desenvolve na atenção básica.

Para o prefeito Helinho Zanatta, a mudança estrutural na Saúde representa um passo importante nas metas traçadas. “A descentralização da atenção básica vai permitir também que o PSF (Programa Saúde da Família) fique agregado ao posto de saúde e o atendimento vai melhorar”, disse.

A secretária municipal de Saúde e Desenvolvimento Social, Miriam de Sousa Silva, explica que cada nova UBS vai atender uma população estimada em 5.000 pessoas. Para atuar nas novas unidades serão formadas equipes com, no mínimo, médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e seis agentes de saúde.  As novas unidades vão atender consultas agendadas e a chamada demanda espontânea, formada por pessoas que precisam de atendimento, mas não marcaram consulta antecipadamente.

“A organização das redes de atenção básica vai melhorar o acesso da população aos serviços de saúde, com as unidades mais próximas de casa”, ressalta a secretária. Ela diz também que o cadastramento de todos os moradores no cartão SUS e nas respectivas unidades vai permitir planejamento mais ágil e direcionado das ações e definição mais precisa do perfil do atendimento da rede municipal de Saúde.

REFORMAS – As reformas nas unidades de saúde provocaram algumas mudanças nos locais de atendimento da população, como explica o coordenador de atenção básica, Leandro Carneiro Sanches. “As obras podem durar um pouco mais que o previsto, mas o atendimento foi adaptado e não será prejudicado”, disse.

Enquanto durarem as obras na unidade de saúde do São Dimas, o atendimento será realizado na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Guido Dante, localizada na rua Antonio Franzin, 81. A unidade localizada no Alto da Serra também está sendo reformada e o atendimento acontece na Emefei (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Infantil) Iracy Bertochi.  Já a reforma da unidade dos Alpes das Águas mudou o atendimento para o prédio localizado ao lado da unidade, na Associação de Moradores dos Alpes das Águas.

NÚMEROS  -Considerados os atendimentos realizados em todas as unidades de saúde de São Pedro – Umis, PSFs Alpes das Águas e São Dimas, UBS São Dimas, Unibasa Alto da Serra, Vetores, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Farmácia, Centro de Saúde Bucal e Santa Casa –  foram registrados 654.185 procedimentos em 2013. Em 2014, o número registrado entre janeiro e abril é de 164.899 procedimentos.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.