Curso de Turismo Rural forma quinta turma

Um festejo cultural e gastronômico do Colono Caipira foi a atividade escolhida pela quinta turma do programa de Turismo Rural oferecido pelo Senar-SP em parceria com a Prefeitura de São Pedro e o Sindicato Rural de Charqueada como encerramento do curso de 240 horas realizado ao longo do ano.

A atividade, realizada na Gruta dos Anões na terça-feira, dia 13, foi preparada pelos próprios alunos. No cardápio, entrada de linguiça, mandioca e vinagrete. O jantar teve saladas variadas, arroz, tutu de feijão, costelinha de porco e couve refogada. Para a sobremesa, doce de banana com queijo.

Ao longo do curso de 240 horas realizado desde o início do ano, os participantes trabalharam temas como oportunidade e gestão de empreendimentos, atrativos turísticos do meio rural, meios de hospedagem e meios de alimentação. O grupo recebe orientações para preparar as propriedades rurais com a intenção de receber turistas, criar pontos de venda de produtos de origem artesanal, além de outros temas. Todos os participantes recebem certificado de capacitação em turismo rural. Em 2018, pela primeira vez o curso teve duas turmas. O evento gastronômico da segunda turma será na próxima semana.

“Acredito muito no potencial deste projeto. A região de São Pedro tem uma área rural privilegiada, com grande diversidade e esta é uma ótima oportunidade de adquirir conhecimento para receber turistas e gerar emprego e renda” disse a secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia, que destacou também os resultados obtidos com participantes das edições anteriores do curso. “Temos aqui propriedades que já estão preparadas para receber os turistas e isso é motivo de muito orgulho.”

O vice-prefeito Thiago Silva destacou que São Pedro é “naturalmente bela” e que a administração municipal mostrou sensibilidade ao implementar atividades como o Curso de Turismo Rural. “Representa um ganho para todos, assim como outras ações realizadas pelo governo municipal em toda a cidade, como pavimentação, tratamento de água e tratamento de esgoto, que vai chegar a 100% até 2020”, disse Thiago, também diretor-presidente do Saaesp.

Desde que o curso teve início, em 2014, vários empreendimentos de participantes abriram as portas ao público. Alguns exemplos são a Chácara Videira, Sítio Coloninha e Do Nosso Quintal. Miriam Skokoff, que falou em nome dos alunos, relatou sua experiência pessoal. “Há três anos compramos uma chácara em São Pedro e começamos a receber muitos amigos. Para não ficar pesado financeiramente, passamos a oferecer as acomodações por meio de um aplicativo e foi um sucesso. Já recebemos hóspedes do Rio de Janeiro, Minas Gerais e muitos da grande São Paulo. Com o curso foi possível aprimorar esta que acabou se tornando também uma fonte de renda”, disse.

Eduardo Bettin, instrutor do Senar, falou sobre os módulos realizados pela turma, entre eles um levantamento histórico cultural que identificou características que inspiraram o tema do evento. “A região recebeu muitos imigrantes, que vieram principalmente da Itália, por isso escolhemos o tema colono caipira”. Eloisa Sarto, do Sindicato Rural de Charqueada, também participou do evento.

NOVOS MÓDULOS - Para o próximo ano, foram solicitados novos módulos para aprimorar o conhecimento daqueles que já fizeram o curso. A proposta é abordar temas como monitoria, turismo pedagógico, trilha rural, passeio ciclístico e jardinagem.

Além do cardápio especial, os alunos preparam toda a decoração temática do local, que contou também com exposição de trabalhos e produtos artesanais, apresentação musical de Aline Silva e teatral, que reproduziu, com dois alunos, uma conversa sobre um colono e um “caipira”.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.