Corpus Christi em São Pedro terá ruas enfeitadas e programação cultural

[caption id="attachment_6598" align="alignnone" width="300"]julia simoes Julia Simões vai se apresentar na quinta-feira, dia 4[/caption] [caption id="attachment_6596" align="alignnone" width="300"]dedo de moça2 Dedo de Moça é uma das atrações[/caption] [caption id="attachment_6599" align="alignnone" width="300"]mauro mabute Mauro Mabute também integra a programação cultural[/caption] Alunos e Professores da EMEB Professor Benedito Modesto de Paula se empenham no preparo dos enfeites (1) (Cópia) Alunos e Professores da EMEB Professor Benedito Modesto de Paula se empenham no preparo dos enfeites (6) (Cópia) Enfeites sendo preparados por alunos e professores da EMEB Ondina Mendes Parreira (Cópia) Professores e alunos da EMEB Ricarda de Paiva Lima Franzin confeccionando enfeites para o tapete de Corpus Christi (1) (Cópia) Professores e alunos da EMEB Ricarda de Paiva Lima Franzin confeccionando enfeites para o tapete de Corpus Christi (3) (Cópia) A tradição dos enfeites de Corpus Christi está sendo resgatada com a participação da comunidade O feriado de Corpus Christi em São Pedro promete ser marcado pela tradição das ruas enfeitadas e também por ampla e diversificada programação cultural no fim de semana prolongado por conta do feriado celebrado na quinta-feira, dia 4 de junho. As duas paróquias da cidade, a de São Pedro e a de São José, enfeitarão as ruas por onde as procissões realizadas após as missas das 15h vão passar. Pelo segundo ano consecutivo serão usados materiais recicláveis para a elaboração dos enfeites. As equipes de voluntários para a preparação dos tapetes de Corpus Christi estão trabalhando para a confecção dos enfeites. Professores voluntários das escolas municipais Guido Dante, Joaquim Norberto de Toledo, Ondina Mendes Parreira, Ricarda de Paiva Lima Berzin, Iracy Bertochi, Benedito Modesto de Paula, Maria Angelina Leão Ferreira dos Santos, Antonio Silva Benevides e Maria de Fátima do Amaral, da Etec Gustavo Teixeira e da Escola Estadual Vicente Luis Grosso, da comunidade e das pastorais buscam manter viva a tradição cultural de decoração das ruas no entorno da matriz de São Pedro, no Centro, e de São José, no Recanto. A decoração feita em São Pedro há dezenas de anos, este ano tomará as duas ruas laterais e o Largo da Igreja Matriz de São Pedro. Já na Matriz de São José, paroquianos e a comunidade enfeitarão o trajeto que faz o entorno da Igreja e da Praça Natividade Oliveira de Lima. "Pelo segundo ano, a comunidade optou por confeccionar os enfeites com produtos recicláveis, uma vez que os tapetes feitos com pó de serra utilizam muita água em seu tingimento e em sua limpeza", explica a secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia. Os preparativos estão adiantados, mas interessados em colaborar podem procurar a Secretaria de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer para se juntar ao grupo e ajudar a recuperar uma das tradições mais belas da Estância.   O que é a celebração de Corpus Christi Corpus Christi é uma expressão em latim, que significa Corpo de Cristo. A celebração tem por objetivo reavivar e reforçar o mistério da eucaristia, o sacramento da transfiguração de pão e vinho em Corpo e Sangue de Jesus Cristo. A festa de Corpus Christi acontece sempre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia, na Santa Ceia. Neste ano, a data é 4 de junho. A festa do Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no dia 8 de Setembro de 1264, e durante a festa são celebradas missas festivas e as ruas são enfeitadas para a passagem da procissão onde é conduzido o Santíssimo Sacramento, acompanhado por fiéis. Estima-se que, no Brasil, a tradição de enfeitar as ruas tenha começado pela cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais, mas hoje esta tradição está presente em muitas cidades brasileiras, assim como na Europa. A procissão pelas vias públicas é uma recomendação do Código de Direito Canônico, que determina a celebração para testemunhar a adoração e veneração da Santíssima Eucaristia. A procissão de Corpus Christi lembra a caminhada do povo de Deus, peregrino, em busca da Terra Prometida. O Antigo Testamento diz que o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da eucaristia o povo é alimentado com o próprio corpo de Cristo. Em São Pedro, as celebrações acontecem nas duas matrizes, de São Pedro, no Centro, e de São José, no Recanto. As missas têm início às 15h, seguidas das procissões pelas ruas decoradas.   Atrações Culturais no fim de semana prolongado Dando continuidade ao projeto Música na Praça, a Secretaria de Turismo, Cultura,  Esportes e Lazer está preparando atividades culturais ao longo dos quatro dias do fim de semana  prolongado por conta do feriado e terá apresentações musicais e atividades para as crianças na Praça Gustavo Teixeira, nas feiras e no Parque Maria Angélica. “Estamos nos preparando para receber nossos turistas e nossa comunidade neste feriado com uma programação diferenciada, prestigiando os artistas da cidade e potencializando a satisfação daqueles que escolheram nossa Estância para desfrutar o feriado”, disse a secretária Clarissa Quiararia, responsável pelo projeto. A programação cultural tem início na noite de quinta-feira, dia 4, quando a cantora Júlia Simões volta à terra onde começou sua carreira, após alguns anos sem se apresentar por aqui. Empolgadíssima com a oportunidade, Júlia promete muitas surpresas, além de algumas canjas com músicos convidados. A apresentação será no Coreto da Praça Gustavo Teixeira, a partir das 21h. Na sexta-feira, a animação da noite fica por conta do Trio KiPop, composto pelos músicos Rodrigo, Rodney e Dimas, que trazem a irreverência do cantor Rodney aliada ao repertório de música pop, garantindo uma noite bastante divertida. A partir das 21h, no Coreto da Praça Gustavo Teixeira. Sábado as atividades começam pela Feira do Produtor Rural, com uma apresentação especial do Grupo Cordas Primas de Viola de São Pedro, capitaneado pela Coordenadoria Municipal de Cultura. A partir das 9h, o grupo apresenta a boa música caipira, acompanhados pelo casal Dilo e Dila, tradicionais e conhecidos cantadores da Estância. A tarde segue no ritmo de alegria, com atividades para as crianças: o projeto Criança tem vez!, no Parque Maria Angélica, recebe a atividade de pintura com guache, a partir das 15h. Às 21h, o Coreto volta a ser palco das atividades, com a apresentação especialíssima do Grupo Vocal Dedo de Moça, um quarteto vocal formado por Márcia Graner, Elaine Rodrigues, Valéria Chiarinelli e Gislaine Rodrigues, no melhor estilo das serestas. Domingo de manhã, às 10h30, o músico Mauro Mabute traz o melhor da MPB para a Feira de Artes e Artesanato, no Boulevard Dona Hermelinda, onde a equipe da recreadora Valéria Fonseca também recebe as crianças do projeto Criança tem Vez! com escultura de balão e pintura de rosto, fechando com chave de ouro as atividades.  
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.