Comitês PCJ aprovam mais R$ 6,8 milhões para São Pedro

Valor inclui contrapartida de R$ 486.064,58 do município e recursos serão usados para substituição de redes de água

Reunião Plenária dos Comitês PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí) realizada nesta sexta-feira em Saltinho aprovou R$ 6,8 milhões para o Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro). O volume de recursos – o segundo maior entre os R$ 33 milhões liberados para nove municípios considerados prioritários – será usado para a substituição de redes hidráulicas de água e válvula redutora de pressão.

O prefeito Helinho Zanatta e o vice-prefeito e diretor-presidente do Saaesp, Thiago Silva, participaram da reunião. “Estes recursos serão usados para a troca de redes antigas, feitas de ferro, amianto e até barro, onde ocorre a maior parte dos vazamentos de difícil identificação”, explicou Thiago. Ele disse também que toda a obra será executada pelo MND – Método Não Destrutivo, ou seja, sem abertura de valas e as novas tubulações são feitas em PEAD (polietileno de alta densidade) – material que praticamente não tem emendas e índice de vazamento próximo do zero.

Outro ponto destacado é que as obras vão permitir a setorização do abastecimento. “Hoje quando há um problema, é preciso interromper  uma área bastante abrangente, já que o sistema é todo interligado. Com a setorização, serão instalados registros que vão interromper trechos menores para a manutenção”, informou Thiago.

“Estes recursos representam mais um grande avanço no planejamento estratégico que começou a ser desenhado com a Agenda 2025 e com o Plano Municipal de Saneamento. Muitas melhorias significativas já foram implantadas e agora uma nova fase será implementada nesta área tão importante”, disse o prefeito Helinho Zanatta.

O cronograma prevê a realização da obra em 24 meses após a assinatura do contrato. Após a aprovação na plenária, os processos seguem, até o dia 31 deste mês, para o Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), órgão da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo que tem por objetivo dar suporte financeiro à Política Estadual de Recursos Hídricos e às ações correspondentes.

Os recursos disponibilizados são provenientes das cobranças pelo uso dos recursos hídricos em rios de domínio da União e do Estado de São Paulo (Cobranças PCJ Federal e Paulista), da compensação financeira/royalties do setor hidrelétrico e da contrapartida dos tomadores.

O processo de seleção de empreendimentos teve início em novembro de 2018 e foi realizado pela Agência das Bacias PCJ que, entre outras funções, atua como secretaria-executiva dos Comitês PCJ. Além de São Pedro, foram contemplados Amparo, Analândia, Artur Nogueira, Bom Jesus dos Perdões, Ipeúna, Rafard, Santa Bárbara d’Oeste e Vinhedo. Outros 15 municípios estão em lista de espera, aguardando os recursos que serão disponibilizados em 2020.

As ações previstas para São Pedro fazem parte do Programa de Duração Continuada 5.1, que promove o uso racional dos recursos hídricos e engloba uma série de ações para a racionalização do uso da água no sistema de abastecimento urbano, principalmente relacionadas ao combate às perdas hídricas.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.