Comitê discute medidas após anúncio de nova classificação

São Pedro continua na fase amarela; desinfecção começa segunda-feira 

 

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus de São Pedro reuniu-se no início da tarde de sexta-feira para discutir medidas a serem adotadas com a nova classificação do Plano São Paulo, anunciada pouco antes pelo governo do Estado. A região da DRS de Piracicaba, da qual São Pedro faz parte, foi mantida na fase amarela.

“Os estabelecimentos serão orientados e a fiscalização vai trabalhar para que as determinações sejam cumpridas e a saúde de todos preservada”, disse o prefeito Thiago Silva.

Nesta segunda reunião do Comitê também foi anunciado que a desinfecção das ruas de São Pedro com quaternário de amônia começa segunda-feira, dia 11.  Pontos estratégicos e de maior circulação de pessoas vão receber o produto usado também para desinfecção de hospitais, clínicas e domiciliares, com autorização da Anvisa e sem provocar qualquer dano aos animais ou ao Meio Ambiente. O produto fica ativo por até três dias.

O prefeito e os secretários também falaram sobre outras medidas relativas ao Covid, como o planejamento para a campanha de vacinação, programada pelo Estado para ter início no dia 25 de janeiro.

Como São Pedro está na fase amarela, os parques municipais vão continuar funcionando das 8h às 17h e as Feiras do Produtor e de Artes e Artesanato atendem ao público com todos os protocolos previstos.

NÚMEROS - Dados divulgados pelo Estado indicam que a região de Piracicaba está com taxa de 50,4% na ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para uma estrutura de 12,7 leitos para cada 100 mil habitantes.

Em relação a notificações, os dados indicam 308,1 novos casos para cada 100 mil habitantes e 29 internações para cada 100 mil. Já em relação a óbitos, foram 3,6 para cada 100 mil pessoas no período, de acordo com o Estado.

Em São Pedro, os registros são de 1.100 casos, 245 suspeitos, 982 recuperados, 2.188 descartados e 18 óbitos até o dia 7 de janeiro.

Na sexta-feira foram anunciados pelo Estado novos indicadores do Plano São Paulo, que foi revisado. De acordo com as novas regras, atividades como comércio e serviços podem funcionar com capacidade limitada a 40% de ocupação para todos os setores, funcionamento máximo de estabelecimentos limitado a 10 horas por dia; restrição de atendimento presencial até as 20h em bares e restrição de atendimento presencial até as 22h em todos os demais estabelecimentos.

Nesta semana, o estado ultrapassou a marca de 1,5 milhão de casos confirmados da doença desde o início da pandemia. A média móvel de mortes por Covid-19 segue acima de 140 óbitos diários desde o dia 1º de janeiro.

Por conta destes números, o Comitê da Saúde fez uma recomendação expressa para que a população evite circular à noite, após o fechamento do comércio

“O Centro de Contingência está seguro que estamos trabalhando com faixas bastante adequadas para as classificações”, afirmou o Coordenador do Comitê de Saúde, Paulo Menezes. “É importante que neste momento em que há aumento de casos, óbitos e internações, mais do que nunca nós precisamos do apoio da população. A mesma população que nos atendeu ficando em casa enquanto nós reforçamos o sistema de saúde”, declarou o secretário de Saúde Jean Gorinchteyn.

Publicado em: 08/01/2021 18:24

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.