Com avanço para fase amarela, região de Piracicaba poderá reabrir comércio

Classificação permite também funcionamento de salões de beleza, restaurantes, bares e academias, desde que regras sejam seguidas

Os 26 municípios que integram o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Piracicaba passaram da fase vermelha para a fase amarela do Plano São Paulo de retomada gradual da economia. A nova classificação, que permite reabrir os comércios não essenciais e outras atividades como salões de beleza, academias, bares e restaurantes - seguindo as regras de distanciamento - foi anunciada na sexta-feira, 7, pelo Governo do Estado. A flexibilização passa a valer neste sábado, dia 8, excepcionalmente por conta do Dia dos Pais, celebrado no domingo.

O avanço para a fase amarela acontece três semanas após a região permanecer na fase vermelha, mais restritiva. O Plano São Paulo estabelece que na fase amarela são permitidos funcionamento de shoppings e galerias, com capacidade de 40% e pelo período de 6 horas, com praças de alimentação ao ar livre ou áreas arejadas; para o comércio em geral, a capacidade também é de 40% e horário reduzido (6 horas). Os mesmos dados valem para os serviços: 40% capacidade e horário reduzido (6 horas). 

Já para restaurantes, bares e similares, o funcionamento é permitido somente ao ar livre ou áreas arejadas, com capacidade de 40%, horário reduzido (6 horas) e atendimento presencial até 17h. Também os salões de beleza e barbearias podem abrir desde que com capacidade de 40% e horário reduzido (6 horas).

Para as academias, a orientação é que a os estabelecimentos atendam apenas 30% da capacidade, horário reduzido (6 horas), atendimento com hora marcada, permissão de aulas e práticas individuais; aulas e práticas em grupo continuam suspensas.

Há ainda orientação sobre eventos e convenções, que somente serão permitidos após 28 dias de classificação na fase amarela, com capacidade de 40%, horário reduzido (6 horas), venda apenas online e controle de acesso com lugares marcados, além de proibição de atividades com o público em pé. Outras atividades que geram aglomerações estão proibidas.
Todos os protocolos podem ser consultados no site da Prefeitura de São Pedro.( https://www.saopedro.sp.gov.br/arquivos)
Em São Pedro, foram registrados até o dia 6 de agosto, 276 casos confirmados de Covid-19, 7 óbitos, 1 hospitalizado e 214 recuperados.   

Além de São Pedro, integram a DRS de Piracicaba Águas de São Pedro, Analândia, Araras, Capivari, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Iracemápolis, Itirapina, Leme, Limeira, Mombuca, Piracicaba, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes  e Santa Maria da Serra.

CUIDADOS ESSENCIAIS - “A mudança de fase é uma boa notícia, mas é muito importante que os protocolos sejam seguidos à risca para evitar qualquer regressão e mudança de regras”, destacou o prefeito Helinho Zanatta.  
No anúncio feito na sexta-feira, 9 regiões do Estado de São Paulo progrediram de fase. Continuam na fase vermelha as regiões de Franca e Registro. A região de Piracicaba passou da fase vermelha direto para a fase amarela, sem retornar à laranja.

A mudança de fases ocorre com base na taxa de ocupação de leitos UTI para Covid-19, quantidade de leitos UTI para pacientes com a doença por cada 100 mil habitantes e os números de casos e mortes. 

CERTIFICAÇÃO – Os estabelecimentos de São Pedro que ainda não possuem o Certificado de Estabelecimento Responsável devem providenciar o documento para funcionamento, que pode ser solicitado também no site da Prefeitura de São Pedro (saopedro.sp.gov.br) 

Na sexta-feira à tarde, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus de São Pedro reuniu-se para tratar dos protocolos determinados pelo Estado para esta nova fase do município no Plano São Paulo.

EDUCAÇÃO – Outro anúncio feito na sexta-feira pelo Governo do Estado é que a volta das aulas presenciais foi adiada para 7 de outubro, desde que várias medidas sejam contempladas. Inicialmente a retomada estava prevista para setembro.

Autoria: Prefeitura de São Pedro

Publicado em: 07/08/2020 16:01

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.