Com avaliação positiva, participantes da 1ª Feira de Negócios do Campo esperam novas edições

A 1ª Feira de Negócios do Campo de São Pedro, realizada de 20 a 23 de junho no Ginásio Municipal “Antonio Carlos Siloto Filho”, o Bordadão, foi bem avaliada por participantes e expositores que viram no evento uma maneira diferenciada de divulgar ações e produtos relacionados ao campo, especialmente os ligados à agricultura familiar.

Adriana Gomes de Moraes Veroneze, do Sítio Coloninha I, vê a Feira como vitrine importante. “A cidade precisa deste destaque para os produtores”, afirmou. Na Feira, ela expôs e comercializou produtos, além de divulgar almoços caipiras que realiza na propriedade da família. “Espero que esta seja a primeira de muitas edições”, destacou.

Divulgar o trabalho realizado pela Coopamsp (Cooperativa de Produtores Agropecuários do Município de São Pedro), entidade que reúne produtores de leite do alto da serra foi um objetivo alcançado na Feira, conta Caetano Burato, responsável técnico pela entidade. “Mostrar a agricultura familiar e divulgar que há muita gente que vive do trabalho no campo é importante”, disse.

Gabriel Mariano, da LS Tractor, classificou o evento como ótimo. “Além do negócio que fizemos, foram muitos contatos. Parabenizo os organizadores pela estrutura”, disse ele, que espera novas edições da Feira.

Uma das opções da Praça de Alimentação, o lanche oferecido por Ricardo Saia, da Oficina do Churrasco, foi um teste bem sucedido. “Tínhamos a ideia de fazer o lanche e a Feira foi a oportunidade de ter contato direto com o cliente, que aprovou a proposta”, disse. O resultado foi tão positivo que o lanche será comercializado também na Festa de São Pedro, com início este fim  de semana.

João Carlos Zanini, que coordenou o espaço utilizado por artesãos da FAASP (Feira de Artes e Artesanato de São Pedro) na Feira de Negócios do Campo também destacou a divulgação proporcionada pelo evento. “Mostramos os produtos e convidamos as pessoas a irem à Feira. Foi muito bom para nós”, afirmou. Ele ainda destacou a programação musical e a Praça de Alimentação. “Nos divertimos e comemos bem”, afirmou.

Para a secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia, a iniciativa de fomentar as atividades no campo, com espaço para troca de conhecimentos com as palestras feitas por profissionais, participação de produtores e da Praça de Alimentação, é um importante passo para desenvolver o agronegócio. “É uma atividade com grande representatividade em São Pedro e também por isso foi positivo”.

“O agronegócio é o que mantém o país em pé e São Pedro tem, desde sua fundação, a tradição tropeira. É importante estimularmos esta atividade tão importante para o desenvolvimento”, disse o prefeito Helinho Zanatta na abertura do evento, destacando que sua realização teve apoio do Ministério da Agricultura.

Para o diretor técnico da CDRS (Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável), nova denominação da CATI, Gustavo Vieira, ações como a Feira ajudam no desenvolvimento do setor do ponto de vista produtivo e econômico, sem deixar a sustentabilidade para trás.

Professor do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), Ademir de Lucas, destacou que a realização da Feira é muito importante, principalmente porque traz para o produtor o reconhecimento do trabalho. “Com o produto de seu trabalho exposto, ele se vê reconhecido, é uma troca significativa”.

Com realização da Prefeitura de São Pedro e apoio da Acisp (Associação Comercial e Industrial de São Pedro) e CDRS, o objetivo da Feira foi reunir toda a cadeia produtiva em um único ambiente, permitindo a realização de negócios e a troca de conhecimentos e experiências, buscando fomentar e desenvolver todas as atividades ligadas ao campo, inclusive as culturas orgânicas e o turismo rural.

Participaram como expositores Toyota Nippokar, LS Tractor, Fortrac, Fun Motors, Agropecuária Serrano, SMO Equipamentos, Motocana, Aversa Motos, Coplacana, Viveiro Tobias, Casa do Eletricista, Agro Fred, Banco do Brasil, Ergosaúde, De Santis Corretora de Seguros, Coopamsp, Stay Puff, JBL Consult,  Sebrae, Sheriff Store e Thermas Water Park.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.