Centro de Educação Ambiental ganha insetário da Esalq

São 48 espécies, de nove ordens diferentes de insetos, para aprendizagem durante visitas

A Coordenadoria de Meio Ambiente ganhou da Esalq (Escola de Agricultura Luiz de Queiroz), na última semana, um insetário para o primeiro CEA (Centro de Educação Ambiental) de São Pedro, previsto para ser inaugurado ainda neste semestre no Parque Ecológico Ernesto Baltieri. O insetário é composto por 48 espécies, de nove ordens diferentes de insetos. Entre eles estão borboletas, libélulas e cigarras. 

O insetário é um dos diversos recursos didáticos que foram planejados para potencializar a aprendizagem das pessoas, sejam estudantes ou não, durante a visita ao CEA. No local há, ainda, painéis informativos relacionados ao meio ambiente, herbário, viveiro de mudas em construção, bem como jardim sensorial e horta. 

Conforme o coordenador municipal de Meio Ambiente, Rogério Bosqueiro, esses instrumentos serão utilizados como metodologia dinâmica no ensino. “Com um insetário e um herbário, por exemplo, a visualização do material biológico desperta no aluno o interesse em conhecer e entender as funções ecológicas dos insetos e plantas no meio ambiente”, comentou, acrescentando que cerca de 70% das espécies de animais conhecidas são representados pelos insetos, que é o maior grupo de animais existentes atualmente.

Ele ressaltou, ainda, a importância do apoio de professores da Esalq para a concretização do CEA. “Essa parceria significa confiar no trabalho conjunto entre diversos atores da sociedade para a proteção do meio ambiente. O trabalho de extensão universitário tem sido fundamental para o nosso futuro CEA, com a participação de pesquisadores renomados na área de educação e serviços ambientais”, disse

CEA – Com visitas guiadas gratuitas, para estudantes e público em geral, o espaço abordará temas correlatos à preservação do meio ambiente. Serão ao todo quatro estações com as temáticas Cidades Sustentáveis; Solos; Saneamento e Florestas. Elas foram planejadas de forma a se integrar na aprendizagem, em conformidade com as diretivas do Programa Município Verde Azul, que mede a gestão ambiental municipal, e atendendo às demandas da Base Nacional Comum Curricular. 

Entre os conceitos a serem abordados no Centro de Educação Ambiental estão biodiversidade, desenvolvimento sustentável, conselho ambiental, mata ciliar, fauna silvestre, recursos hídricos, arborização, coleta seletiva, compostagem e produção de alimentos. No CEA, o visitante terá a possibilidade, inclusive, de acesso a um audioguia – uma gravação a ser acionada por celulares que permitirá percorrer os espaços individualmente.

Publicado em: 04/05/2022 09:53

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.