Catacacareco terá penúltima ação do ano neste sábado

Somente em 2019 foram recolhidas 54 toneladas de materiais inservíveis

Neste sábado, dia 19, o programa Catacacareco vai recolher materiais inservíveis como sofás e móveis antigos, geladeiras e outros itens que não podem ser descartados no lixo comum ou na coleta seletiva, nos bairros Cidade Jardim, Dorothea, Jardim Bela Vista, Jardim das Cachoeiras, Jardim Itália, Jardim Navarro, Mariluz I, II e III, Nova Estância, Novo Horizonte e Vila Rica.

A ação, que envolve as secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social, Obras e Educação, tem um importante papel no combate à dengue, já que muitos destes objetos acumulados nas casas podem transformar-se em criadouros. A ação integra o Plano de Educação Ambiental, que tem a implantação da coleta seletiva de lixo na cidade entre suas medidas efetivas.

Além da coleta pelo Catacacareco, o Ecoponto, localizado no bairro São Dimas, também recebe até 1 metro cúbico por pessoa no mês sem nenhum custo, diretamente no local.

Até o momento, foram recolhidas 54 toneladas de material nas ações realizadas pelo Catacacareco. Contabilizados os números desde a primeira ação, em 2014, o volume ultrapassa 335 toneladas.

Os organizadores pedem a colaboração da população para deixar o material que precisa ser recolhido na calçada e lembram que não podem ser descartados itens como resto de construção civil, lixo orgânico e material que pode ser encaminhado para a coleta seletiva, como plástico, alumínio, vidro e metal.

CRONOGRAMA –Fechando o ano, a última ação acontece no dia 23 de novembro, atendendo os bairros Bela São Pedro, Colinas de São Pedro, Mirante, Nova São Pedro I e II, Theodoro Souza Barros, Vila Estela, Vila Helena e Vila Olinda.

 

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.