Arrastão vai percorrer as ruas do São Dimas neste sábado, dia 25

  1   O bairro São Dimas será visitado neste sábado pelas equipes da Vigilância Epidemiológica no sexto arrastão realizado pela Operação Combate a Dengue organizado pela Prefeitura de São Pedro. Com auxílio do Tiro de Guerra, os agentes vão percorrer as casas para recolher entulho que pode se transformar em criadouro do mosquito Aedes aegypt, transmissor da dengue. No sábado passado, quando as equipes foram aos bairros Dorothea, Nova Estância e Mariluz 1, foram recolhidas aproximadamente duas toneladas de material. Até agora, em cinco arrastões realizados, 11 toneladas de material inservível foram recolhidas. Para Matheus Murbach, veterinário da Vigilância Epidemiológica de São Pedro, a ação mostrou colaboração da população. “Nós pedimos que a população continue atenta para evitar os criadouros”, disse. O arrastão no bairro São Dimas acontece das 8h às 12h. A solicitação é para que os moradores facilitem o trabalho deixando o material a ser recolhido na calçada. NÚMEROS – Balanço do dia 23 de abril indica que há em São Pedro 136 casos confirmados de dengue. Exames que apresentaram resultado negativo são 72. Para evitar o aumento do número de casos, mais uma vez a recomendação é para que todos colaborem, tomando todos os cuidados para evitar a formação de criadouros. Em recente artigo publicado na imprensa nacional, o secretário estadual de Saúde, David Uip, lembra que o habitat do Aedes é dentro de casa e que o mosquito vive  em contato com o homem para garantir a manutenção da espécie. “Uma pequena tampa de garrafa jogada no ambiente pode se tornar um confortável berçário para novos mosquitos”, escreveu o secretário. SINTOMAS- Os sintomas da dengue só começam a surgir após o período de incubação, que pode durar de 3 a 15 dias. Os principais sintomas da doença são febre, dor de cabeça, dor atrás nos olhos, dores no corpo e manchas pelo corpo. Na forma hemorrágica, além dos sintomas citados o paciente pode ter sangramentos e em alguns casos, choque e morte. Em caso de suspeita de dengue, o serviço de saúde mais próximo deve ser procurado imediatamente. É importante ressaltar que não existe transmissão por meio de contato direto de um doente com uma pessoa sadia. O vírus também não é transmitido pela água ou alimentos.    
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.