Alunos da rede municipal de ensino de São Pedro são premiados na OBMEP

Premiação inédita em São Pedro aconteceu no auditório da Unicamp no dia 17

Matteus Cavedem dos Santos, aluno do 9º ano da Emeb Abdala Rahal Farhat Neto e João Gabriel Feres, do 8º ano da Emeb GustavoTeixeira, receberam medalha de bronze na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), realizada em 2017. A premiação, inédita em São Pedro, aconteceu no último dia 17 no auditório da Unicamp.

Na quinta-feira, dia 20, os estudantes foram recebidos pelo prefeito Helinho Zanatta. ”Os alunos estão de parabéns por este resultado que reflete também todo esforço e empenho de professores, coordenadores e equipe da Educação. São mudanças planejadas a médio e longo prazo que começam a dar resultado e refletem também em índices como o Ideb, que a cada edição mostra evolução do município”, disse.

Os estudantes estavam acompanhados da secretária municipal de Educação, Cleia Rivero, da supervisora de ensino Maria Aparecida Fracassi de Barros, da coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação, Sandra Baltieri, das diretoras das unidades, Fabiana Franco Alves e Ângela Bego e das professoras de Matemática responsáveis pela orientação dos alunos, Michelle Oliveira da Cunha e Marta Sanchez Bragagnolo.

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, a OBMEP tem entre seus objetivos principais estimular e promover o estudo da Matemática; contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas.

O público-alvo da OBMEP é composto de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até último ano do Ensino Médio. Em 2017, mais de 18 milhões de alunos de participaram da olimpíada.

Em São Pedro, da primeira fase participaram 1.700 estudantes e da segunda, 100.  Nova edição foi realizada em 2018. A primeira fase aconteceu em 5 de junho e a segunda em 15 de setembro, com divulgação dos resultados em 2019.

A secretária de Educação Cléia Rivero destaca que uma proposta sólida de educação é composta de um trabalho fundamentado em habilidades e competências em sala de aula, aliado a oportunidades de protagonismo dos jovens em diferentes instâncias da sociedade, de forma que possam aplicar em contextos reais o que é aprendido.

PLANOS – Por receberem a medalha, os alunos têm a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Jr., que tem como objetivos despertar nos alunos o gosto pela matemática e pela ciência em geral e motivá-los na escolha profissional pelas carreiras científicas e tecnológicas.

Os alunos premiados de São Pedro tem a Matemática como matéria preferida e fazem planos para o futuro. João quer ser médico obstetra e Matteus, desenvolvedor de jogos.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.